Detalhes do evento

História de Mãe Beata

Horário: 8 outubro 2011 às 11:00 a 20 novembro 2011 às 11:00
Local: Espaço Xisto Bahia
Rua: Barris, ao lado da Biblioteca Central
Cidade: Salvador
Site ou Mapa: http://catarse.me/pt/projects…
Telefone: 71 3018 4888
Tipo de evento: espetáculo, de, contadores, histórias
Organizado por: Teatro Griô e Grupo Akpalôs, Fazedores de Histórias
Última atividade: 7 Out, 2011

Exportar para Outlook ou iCal (.ics)

Descrição do evento

Ancestralidade e sabedoria popular são os fios condutores da montagem “Histórias de Mãe Beata”, encenada pelo grupo Akpalós com direção de Rafael Morais.
As pequenas fábulas recheadas de magia levam para o palco contos da Yalorixá Mãe Beata de Yemonjá, natural de Cachoeira, registrados no seu livro “Caroço de Dendê”.
Nas tramas, sempre costuradas por músicas e danças, os contadores traduzem de maneira divertida e singela a vida e o encanto do Recôncavo Baiano, os mitos dos orixás e histórias de animais astutos e sagrados.
Para a encenação, o grupo buscou fazer uma imersão nos mitos e lendas narrados por Mãe Beata, encenando as histórias que mais lhes tocaram, inspirados pela tradição dos contadores de histórias e da memória e cultura dos povos africanos.
A direção musical do espetáculo é do músico e compositor baiano Cássio Nobre, que dá cores e ritmos às Histórias de Mãe Beata.

O grupo

O Akpalôs – fazedores de histórias – é um grupo de narradores que nasceu da oficina “Teatro Griô: O Prazer de Contar Histórias” e atualmente é formado por Alcides Valente, Clara Soares, Layno Pedra, Zeza Barral, Lícia Margarida, Jô Estella, Josin Fernandes e Zidi Brandão, com coordenação de Rafael Morais.
Estes artistas narradores buscam levar a arte de contar histórias, com toda sua poesia e simplicidade, para os mais diversos ambientes e públicos: quintais, museus, teatros, escolas, praças, igrejas, terreiros, bibliotecas, são eternos palcos destes contadores. A sutileza das histórias de vida, contos populares e representados por esta turma seduzem espectadores de todas as idades, abertos ao encantamento da vida.
A fonte de inspiração para o grupo está nos contadores de história de matriz africana, artistas populares e palhaços, que resumem a simplicidade da essência humana com muito humor e poesia. Coordenando este processo criativo está o Teatro Griô, grupo de pesquisa e prática do teatro criado por Rafael Morais e Tânia Soares, que desenvolve pesquisas e técnicas próprias para a contação de histórias, improvisação teatral e palhaço e formação em teatro para crianças e adultos.

Ficha Técnica:

Concepção Cênica e Direção: Rafael Morais;
Elenco: Alcides Valente, Clara Soares, Layno Pedra, Zeza Barral, Jô Estella e Zidi
Brandão;
Assistente de Direção: Diogo Ferreira;
Cenário e Figurinos: Tânia Soares;
Direção Musical: Cássio Nobre;
Técnica de Canto: Marcelo Jardim;
Coreografia: Rosangela Santos;
Luz: Marcos Fernandes;
Operação de Luz: Camila Guimarães;
Designer: Tai Oliver;
Assessoria de Imprensa: Lívia Nery
Fotografia: Rafael Martins
Produção: Geise Oliveira
Realização: Teatro Griô e Akpalôs: Fazedores de histórias
Para mais informações sobre o espetáculo e sobre o grupo Akpalôs acesse:www.akpalos.wordpress.com

Contatos

Comunicação: Lívia Nery | 71 8853-0704 | imprensa@teatrogrio.com
Produção: Geise Oliveira | 8886-6706/ 9292-8702 | geise@teatrogrio.com.br
Teatro Griô | 71 3018-4888 | rafael@teatrogrio.com.br

Caixa de Recados

Comentar

RSVP para História de Mãe Beata para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comparecer (1)

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço