Estive, por algum tempo, frequentando diariamente a Comunidade dos Coelhos, Recife. Sempre com meu equipamento fotográfico, registrando imagens das palafitas e da população ribeirinha para o meu trabalho de conclusão de curso em Jornalismo, que por sinal defenderei amanhã. Algumas pessoas acham arriscado, perigoso - de fato, é, mas, por lá nunca me aconteceu nada de ruim.Mas quando estive pelas ruas do Recife, de bicicleta, com equipamento na mochila, a registrar imagens da "Veneza Brasileira", logo aparecia uma viatura para encostar o negão e revistá-lo. E olhavam com desconfiança o fato de eu carregar um equipamento fotográfico tão caro. Não fosse o fato de eu levar comigo, no bolso da bermuda, minha identificação de jornalista/repórter fotográfico, iam logo achar que o equipamento não era meu. E ainda dizem que preconceito e racismo não existe mais!

Uma vez, em Brasília, a polícia encostou a mim e meu irmão para uma revista. Era noite e íamos para uma festa. Enquanto nos revistavam, e não achavam nada... quer dizer, acharam, nosso dinheiro nas carteiras, que foi subtraído pelos policiais.

Em Salvador, vinhamos eu e o piloto da moto e logo uma viatura da PM mandou encostar, apontando uma pistola Ponto 40 pra nossa cara. As pessoas que passavam no ônibus, em pleno meio dia, logo pensavam: "Pegaram dois bandidos". O motoqueiro foi contratado por mim para passar o dia me levando aos meus clientes de fotografias, que era só o que tinha na minha bolsa, fotos. Mas eles alegaram que eramos suspeitos porque além de estarmos de moto, ainda com mochila... E logo passou dois branquinhos de moto com duas mochilas enormes. Aí eu ironizei: Vai atrás daqueles, porque podem ser perigosos, pois as mochilas (duas) são maiores que a minha. E ainda me chamaram de engraçadinho.

Em Fortaleza, há muitos anos, estava namorando na praia (beijinhos e abraços apenas - que fique bem explicado), apareceu um vulto que nos assustou. Quando notei que era um policial fiquei tranquilo, podia ser um ladrão! O PM foi logo com grosseria, perguntando se não tínhamos medo de sermos assaltados. Depois mandou eu encostar pra me revistar e apareceu com um pacote na mão dizendo que era meu. Chamei ele de louco: Qual é cara voce vai aprontar essa pra cima de mim?! - O quê, disse ele, vai dizer que num é seu?! Conversa vai e vem o cara sugeriu um pagamento pra me liberar. Mostrei que estava liso, que era fotógrafo e estava em Fortaleza c obrindo o Fortal, o que identifiquei com credencial do evento. Ele aí perguntou se eu tinha acesso ao trio de Ivete e se tinha fotos dela. Eu disse que tinha várias fotos dela não só do Fortal como de outros. Ele então me liberou, mas diante da promessa de que no dia seguinte eu fosse levar umas três pra ele e deixar com um vigia de um restaurante. Claro que ele nunca viu essas fotos!

Diante desses fatos, amigos, não tenho medo de andar dentro de uma comunidade (Favela), e fico indignado com alguns policiais que temos, que ao invés de nos proteger...

Exibições: 463

Responder esta

Respostas a este tópico

Jaguaracy,

realmente não é muito inteligente generalizar, mas venhamos e convenhamos... a polícia é ou não, reduto de gente doente em diversos níveis? Como você bem colocou, não sabemos o que trazem, o que não significa que todos sejam da mesma laia.

Enfim, pano pra muita manga. 

Mais que isto; um fábrica de camisas!

Jaguaracy Conceição disse:

Discordo de quem diz que não é passado educação e cidadania na formação dos policiais. É sim. Agora, de onde saem os  policiais? Quais os valores que trazem? Não concordo com a violência cometida por maus policiais e não podemos condenar toda uma corporação em razão dos erros deles. Para que os maus possam ser punidos pelos atos que cometem é necessário que sejam denunciados para que os fatos possam ser apurados. Pergunto: e nas demais instituições não há também a banda podre? Os exemplos no Brasil estão à mostra. 

Ai como eu nnao queria concordar com você, Raimundo!

Ai que não queria mesmo! 

Mas fazer o quê?

Pensar em ações?

Psicopatia não é devido a formação familiar ou cultural, é uma deficiência do sistema físico, a pessoa em questão não tem os recursos fisiológicos para sentir compaixão, afetividade, serotonina para aprender a alegria do Amor.

Sua única meta é o PODER e o PRAZER e o controle do próximo. O acúmulo do poder sobre o outro. Neste sentido, a polícia e o universo político são dois terrenos muito férteis para aglomerar os seres degenerados. 



Raimundo José Evangelista da Sil disse:

Arma de fogo é PODER. Veja que acontece irmão... esses tais que lho abordaram em diversas oportunidades, conforme citado, a maioria é PRETO; quando clarinho, não deixa de ser baixa renda e moram nos bolsões de miséria. São emocionalmente despreparados para portar arma de fogo. Tem um passado traumatológico. São muitos deles PSICOPATAS, e a delinquencia é latante. Conforme a prática dessa gente, servil, tem  um SENHOR. O Estado, suas conviniências, vícios e tirania. Concluindo: os cães de guarda servem para morder!... Atacam, humilham e matam!... Assim são "homes" e "mulheres" adestrados para a guerra contra os seus traumas!... Agridem a SOCIEDADE em seu oposto. A sociedade que não pode arrefecer contra eles e elas. São perigosos!... São um perigo!... Ameaçadores!... Mais um CÂNCER social.

Carme disse tudo! "a polícia e o universo político são dois terrenos muito férteis para aglomerar os seres degenerados. "

Carmen Sampaio disse:

Ai como eu nnao queria concordar com você, Raimundo!

Ai que não queria mesmo! 

Mas fazer o quê?

Pensar em ações?

Psicopatia não é devido a formação familiar ou cultural, é uma deficiência do sistema físico, a pessoa em questão não tem os recursos fisiológicos para sentir compaixão, afetividade, serotonina para aprender a alegria do Amor.

Sua única meta é o PODER e o PRAZER e o controle do próximo. O acúmulo do poder sobre o outro. Neste sentido, a polícia e o universo político são dois terrenos muito férteis para aglomerar os seres degenerados. 



Raimundo José Evangelista da Sil disse:

Arma de fogo é PODER. Veja que acontece irmão... esses tais que lho abordaram em diversas oportunidades, conforme citado, a maioria é PRETO; quando clarinho, não deixa de ser baixa renda e moram nos bolsões de miséria. São emocionalmente despreparados para portar arma de fogo. Tem um passado traumatológico. São muitos deles PSICOPATAS, e a delinquencia é latante. Conforme a prática dessa gente, servil, tem  um SENHOR. O Estado, suas conviniências, vícios e tirania. Concluindo: os cães de guarda servem para morder!... Atacam, humilham e matam!... Assim são "homes" e "mulheres" adestrados para a guerra contra os seus traumas!... Agridem a SOCIEDADE em seu oposto. A sociedade que não pode arrefecer contra eles e elas. São perigosos!... São um perigo!... Ameaçadores!... Mais um CÂNCER social.

A questão é; vc tem nedo de policia e bandido.

Quando um camburão te aborda na rua, geralmente mais ou menos 3 a 4 individuos mal encarados, apontando armas de fogo para vc.Individuos estes que ja pressupõe que vc seja um meliante, tudo isso apenas para ver seu documento de identidade ! Vc acha normal? Eu não! Tenho medo! E da pra perguntar pra qualquer um destes idiotas, qual destes ibecil mal educado sem pai nem mãe ou irmãos é o policial educadinho, que não tomou todas antes de se apresentar ao serviço. Que não brigou com a mulher por qualquer motivo. Que esta em condição de trabalhar com o grande publico? Não! Então o problema e da instituição. Tenho medo de policia e de ladrão. Só não sei afirmar qual é mais perigoso! E se eu for tentar esplananar este assunto aqui levaraia um ano e não acabaria. Mas a policia é bandida!

Olá companheiro, vê se bem que não é um filme, essa de colocar coisas e dizer que é da pessoa ainda não ultrapassou, dai necessidade do se exigir formação com qualificação e cultura de nossa raiz, dando oportunidade convocando os negros , formando-os  a nível superior, respeitando a sua etinía  sempre, pois ai saberá distinguir o abordado fazendo com que os colegas brancos que não foram ensinados a respeitar negros, achando que todos são suspeitos, muitas coisas poderão ter novos caminhos. 

Responder à discussão

RSS

© 2017   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço