Afro Geeks: inovação e tecnologia

Informação

Afro Geeks: inovação e tecnologia

Grupo de discussão sobre ciência e novas tecnologias.

Local: World
Membros: 39
Última atividade: 10 Jul, 2015

Geeks = aficionados por computação, robótica e ciência.

Fórum de discussão

225 livros sobre mídias sociais, comunicação e web 2.0 para download 1 resposta 

01. Como escrever para a web (Guillermo Franco)02. …Continuar

Tags: mídias, novas, livros

Iniciado por Keila Souza da Costa. Última resposta de Vanice da Mata 26 Jan, 2011.

Congresso de hackers explora lados político e lúdico da ciberpirataria

"Ser hacker é um estilo de vida, fazer mais perguntas, tentarentender", diz Chaos Computer Club, que se reuniu em Berlim, abordandotemas como censo e armazenamento de dados, mas também ensinando…Continuar

Tags: hacker

Iniciado por Paulo Rogério 31 Dez, 2010.

Saudade dos anos 90? 1 resposta 

.

Iniciado por Instituto Mídia Étnica. Última resposta de Instituto Mídia Étnica 26 Dez, 2010.

iPad ou Jornal: Qual é o melhor? 1 resposta 

As coisas evoluem, mas nem tudo continua na mesma. Tem gente quepensa que o iPad é melhor que o jornal tradicional em todas assituações. Mas na verdade, nem tudo é realmente assim :)…Continuar

Tags: geeks, funny, Nerdices, Humor, Apple

Iniciado por Geilson Souza. Última resposta de Paulo Rogério 16 Dez, 2010.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Afro Geeks: inovação e tecnologia para adicionar comentários!

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 10 julho 2015 às 9:51
Comentário de Instituto Mídia Étnica em 10 julho 2015 às 9:45
Comentário de Marcio Roberto em 22 setembro 2013 às 14:35

Gente boa, estou sentindo falta de uma ferramenta, botão, para listar títulos dos post aqui do grupo correionago. Além disso um ferramenta de busca por palavra chave seria importante. Como seria o caminho das pedras para resolver isso?

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 12 setembro 2012 às 11:16

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 20 janeiro 2012 às 19:28

07 de Fevereiro, Dia da Internet Segura. Participe dessa mobilização

http://www.safernet.org.br/site/sites/default/files/Convite_SID_BR_...

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 2 janeiro 2012 às 9:14

Livros para ler em 2012

Audience Economics – Media Institutions and the Audience Marketplace. O livro de Philip Napoli trata da economia da audiência, analisando como as instituições de mídia vendem a audiência. Considerando os vários atores na indústria da audiência, como organizações de mídia, agências de publicidade, empresas de mensuração e público, o autor discute as particularides da audiência prevista, audiência real e audiência medida. Além disso, também discute as novas tecnologias e as reconfigurações que estão em jogo. É estruturado da seguinte forma: 1. The Audience Marketplace; 2. The Predicted Audience-Measured Audience Relationship; 3. The Measured Audience-Actual Audience Relationship; 4. Audience Valuation; 5.New Technologies and the Audience Product; 6.The Future of the Audience Marketplace.

O livro de Mitsuru Yanaze não é uma referência para tantos cursos por acaso. Ao longo de 32 capítulos e quase 800 páginas, Gestão de Marketing e Comunicação – avanços e aplicações é um manual indispensável para a disciplina. Além de Yanaze, professor titular da ECA-USP e coordenador doCEACOM, a publicação conta com a colaboração de mais de 20 outros autores. Destaque para os capítulos “Segmentação de Mercado e Comportamento de Compra”, “Comunicação Digital” e “Como Medir o Retorno”. A segunda edição, revista e ampliada, foi lançada neste ano.

Também basilar, o Pesquisa de Marketing de David Aaker, Vinay Kumar e George Day é um tomo abrangente sobre o tema. É organizado em cinco partes: 1. Natureza e Escopo da Pesquisa de Marketing; 2. Coleta de Dados; 3. Análise de Dados; 4. Tópicos Especiais da Análise de Dados; e 5. Aplicações. Em mais de 700 páginas, o livro é muito bem organizado e repleto de exemplos práticos e reais para contextualizar cada conceito, técnica e ferramenta.

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 9 junho 2011 às 19:39
"Comunicação e Marketing Digitais" é uma obra de acesso gratuito e de livre distribuição. Tem o objetivo de se constituir num referencial teórico-conceitual e metodológico, que contribua para o entendimento do cenário contemporâneo das corporações no âmbito da comunicação e do marketing digitais.

Reúne pesquisadores especialistas de referência nessas temáticas, através de uma compilação de estudos e reflexões desenvolvidos por quatorze autores, que estão inseridos profissionalmente e/ou academicamente neste cenário. São eles: André Telles, Martha Gabriel, Patrícia Moura, Mirna Tonus, Marlon Wender, Tarcízio Silva, Renata Cerqueira, Marcel Ayres, Danila Dourado, Aline Bessa, Gabriel Leite, Mara Baroni, Marcello Chamusca e Márcia Carvalhal.

A obra foi dividida em três partes relacionadas a três eixos temáticos. A primeira parte diz respeito ao eixo temático relacionado com os aspectos conceituais e práticos da comunicação e marketing digitais, e contém dois capítulos, assinados pelas autoras Patrícia Moura e Mara Baroni. A segunda parte da obra diz respeito ao eixo temático relacionado a métricas em comunicação e marketing digitais, contando com três capítulos, assinados por André Telles; Mirna Tonus e Marlom Wender; Tarcizio Silva e Renata Cerqueira. A terceira e última parte da obra, se volta para o eixo temático sobre inovações em comunicação e marketing digitais. Nesta parte, a obra conta com quatro capítulos, assinados pelos autores Martha Gabriel; Marcel Ayres, Danila Dourado e Aline Bessa; Marcello Chamusca e Márcia Carvalhal; e, Gabriel Leite.

“Comunicação e Marketing Digitais” tem o prefácio de ninguém menos que o doutor Paulo Nassar, professor da Universidade de São Paulo (USP) e diretor-presidente da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), um dos maiores expoentes da comunicação no Brasil, coroando a publicação, lhe dando status de “marco, que nos ajuda a compreender onde estamos e mais, permite inferir para onde vamos”. Um excelente conjunto de textos, escrito por excelentes profissionais e legitimado pelo prefácio de um comunicador excelente.

Resultado: cerca de 240 páginas de informação e conhecimento sistematizado sobre comunicação e marketing digitais, trazidos por quem trabalha e pesquisa sobre o tema e vem obtendo sucesso nacional e internacional tanto no âmbito do mercado quanto na academia.

Esperamos, sinceramente, que o esforço realizado por esse coletivo de profissionais, professores e pesquisadores, do mais alto gabarito, possa contribuir para o fortalecimento da nossa área no Brasil. Boa leitura!

ACESSE O LIVRO COMPLETO AGORA!

» Comunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métricas e inovações
http://www.rp-bahia.com.br/biblioteca/e-books/cmktdigitais2011.pdf
Comentário de Instituto Mídia Étnica em 14 maio 2011 às 21:18
Link para o Livro "Tecnologia Social: ferramenta para construir outra sociedade", - edição revista e aumentada, do nosso mestre Renato Dagnino (Org).
http://www.rts.org.br/bibliotecarts/publicacoes/miolo_tecnologia_so...

Boa leitura!
Comentário de Instituto Mídia Étnica em 3 março 2011 às 13:21
Comentário de Paulo Rogério em 28 fevereiro 2011 às 17:15
Demora dos vereadores desestimulam empresas interessadas no Parque Tecnológico

Cerca de 20 empresas já desistiram de se instalar no Parque Tecnológico de Salvador devido à demora da Câmara de Vereadores de votar o projeto que reduz o Imposto sobre Serviços (ISS) de 5% para 2%. A afirmação foi feita hoje (dia 23) por James Correia, secretário estadual de Indústria, Comércio e Mineração durante sessão extraordinária da Câmara Municipal de Salvador que debateu o assunto. O secretário explicou aos vereadores que a medida não significa renúncia fiscal, ou seja, não representa perda de receita futura, na medida em que as empresas não funcionam na cidade.

“A redução do ISS vai possibilitar a atração de empresas, que irão gerar receitas, renda e empregos, contribuindo para a melhoria das condições econômicas de Salvador. Precisamos de estrutura tributária compatível com a que existe em outros parques tecnológicos”, considerou.

O projeto de redução de imposto foi encaminhado à Câmara Municipal pelo prefeito João Henrique em outubro do ano passado. A Comissão de Constituição e Justiça já deu parecer favorável. Hoje à tarde o líder do governo, vereador Téo Sena, defendeu a aprovação do projeto.

A sessão da Câmara realizada hoje, presidida pelo vereador Gilmar Santiago, contou também com a participação de Paulo Câmara, secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, que comparou o impacto do parque tecnológico em Salvador àquele provocado pelo Pólo Petroquímico de Camaçari, na década de 1970, que mudou a face econômica do estado, com a diferença de que o parque tecnológico atrai tecnologia limpa, ou seja, não poluente.

“As empresas interessadas estão procurando alternativas em outros lugares, por isso a redução do ISS é vital para a implantação definitiva do nosso parque tecnológico”, alertou Paulo Câmara.

James Correia lembrou que várias capitais brasileiras já dispõem de parques tecnológicos em pleno funcionamento, que eles se constituem em centros de geração de conhecimentos, de inovação e de novas empresas e tendem a gerar também empregos mantidos com altos salários. Ele afirmou que a IBM, uma das maiores empresas da área de informática do mundo, poderá empregar até 5 mil pessoas em Salvador para o desenvolvimento de novos softwares.

O Parque Tecnológico de Salvador está sendo implantado numa área próxima a avenida Luís Viana (Paralela), tem área construída de 24 mil metros quadrados e área total de 540 mil metros quadrados, disponíveis para a implantação de centros de pesquisa, muitos deles conveniados com universidades públicas e privadas da Bahia. A Petrobras, por exemplo, já aportou R$ 25 milhões na UFBA para desenvolver um centro de pesquisas no parque tecnológico.
 

Membros (39)

 
 
 

© 2017   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço