Falamos de preconceitos contra religiosos, mas uma questão também importante é a carga negativa que pessoas agnósticas/atéias recebem pelo simples fato de não acreditarem na existência de um ser divino. 

Um caso clássico foi o do jornalista Luiz Datena que disse que mundo estava desse jeito (violento) pois as pessoas não têm Deus no coração. Palavras do jornalista “Esse é o garoto que foi fuzilado. Então, Márcio Campos (repórter), é inadmissível, (…) não é possível. Isso é ausência de Deus, porque nada justifica um crime como esse, não, Márcio?”... “O sujeito que é ateu, na minha modesta opinião, não tem limites, é por isso que a gente vê esses crimes aí”, prosseguiu.


A Noruega, Islândia, Canadá, Suécia, Suíça, Bélgica, Japão, Holanda. Dinamarca e Reino Unido estão entre as sociedades menos religiosas da Terra e nem por isso são sociedades insanas e violentas. Seria então um preconceito arraigado contra os ateus/agnósticos? O que acham? Como podemos evitar esse tipo de preconceito contra os não-crédulos?

 

 

Exibições: 81

© 2017   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço