Recentemente num ataque religioso, mais de 100 nigerianos foram mortos na segunda maior cidade do pais, Kano, com uma populacao rapidamente aproximando 10 milhoes de habitantes. Segundo informacoes de agencias de noticias internacionais, este ataque ao que parece foi o mais letal praticado por um grupo radical islamista. Todos os ataques concentram-se em predios governamentais representando o aparato militar e policial do estado, disse um porta voz do governo local.

     A seita radical conhecida como Boko Haram que tem feito uma campanha agressiva de violencia na sua luta para impor sua versao de lei islamica assumiu a responsabilidade deste terrivel atentado. Uma carta distribuida a imprensa no sabado dia 21 de Janeiro de 2012 disse que os ataques em Kano sao uma retaliacao pela prisao e morte de membros da seita.

     "Bem na hora que estavamos correndo para nos escondermos, uma outra explodiu no momento," disse Hassan Sheriff, um radialista que trabalha para uma radio em Kano, descrevendo uma bomba que havia explodido nas cercanias.

     "A policia comecou a atirar nas pessoas. Estavamos correndo por todos os lados. A policia comecou a atirar na massa de pessoas. Nos corremos, nao podiamos  ficar aqui. Entao uma outra explodiu. Nos ouvimos mais de 30 explosoes de bombas. Eu vi um corpo morto ali. Um policial morto."

     Segundo informacoes oficiais, pelo menos 143 corpos haviam sido levados para um hospital em Kano. Um representante oficial do necroterio falou a agencia de noticia France-Presse que havia recolhido pelo menos 162 corpos, e qe outros continuavam chegando.

     O presidente nigeriano, o senhor Goodluck Jonathan, que tem sido criticado por nao agir com mais firmeza contra a seita Boko Haram, a qual ja assassinou centenas de cidadaos o ano passado, disse numa declaraco que "estava muito entristecido", pelos ataques e prometeu que  "todos os responsaveis envolvidos neste ato brutal irao enfrenta a furia da lei."

     Kano e um grande centro politico e religioso ao norte da Nigeria, uma area predominantemente habitada por mulcumanos. Aproximadamente metade da populacao nigeriana que gira em torno de 160 milhoes e mulculmana.

     Boko Haram, cujo nome pode ser traduzido para "Educacao Ocidental e proibida" na linguagem hausa local, tem focado seus ataques principalmente no governo e delegacias de policia no norte, e a seita ameacou matar qualquer cristao que viver nesta area. O grupo lancou uma serie de ataques em igrejas no natal de 2011.

     O ano passado, mais precisamente no verao, a seita ampliou ainda mais seu foco de acao quando atacou delegacias de policia na capital do pais, Abuja, e tambem num predio da ONU matando mais de vinte pessoas.

Exibições: 57

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 31 janeiro 2012 às 12:22

Uma pena o que vem acontecendo na Nigéria!

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço