Algumas considerações sobre a questão indígena

Dentro do contexto mais abrangente sobre educação indígena gostaria de considerar alguns pontos de vista;

Muito se escreveu, se fez comentários, prometeu -se, entidades, instituíções, órgãos oficiais, foram craidos
para atender o indígena, no entanto ele continua sendo ignorado, explorado, alienado, mendigando o que era seu . Enfim, continua sendo visto como estrangeiro dentro de sua pórpria pátria.

As tentativas e promessas, os programas de pesquisas e estudos antropológicos que serviram para proveito e status dos pesquisadores não levaram a nada, simplesmente, servem para proveito e sattus do pesquisador.

Há projetos de educação como forma de alienação;
Não é possivel implantar um sistema de educação em área indígena;

Ainda impera aquela pedagogia específica para diferentes realidades indígenas;
Há uma carência de participação de especiastas na elaboração de programas, isto é, indígenas e os entendidos no assunto;

Os contatos entre as diversas sociedades acadêmicas e os indígenas levam a um sentimento sufocante de paternalismo material;
Verificando o problema da educação indígena, devemos buscar princípios de trabalho, isto é, buscarelementos para um trabalho de educação condizente com a realidade indígena. O que se perceba em cima dessa realidade é o seguinte;

Reconstrução da língua do grupo para alfabetização ( aprendizado mutuo)
Reconhecimento, demarcação e garantia de passagem de posse infinitiva e imediata dos espaços vitais de cada nação;
Educação com enfoque no resgate ou preservação e estimular a cultura local.

Exibições: 55

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço