Ator Lázaro Ramos faz protesto contra o deputado Feliciano em evento da SEPPIR

Redação, Correio Nagô - Hoje, 21 de março, durante a cerimônia de comemoração de 10 anos da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) do Governo Federal, em Brasília, o ator baiano Lázaro Ramos foi um dos homenageados pelo seu trabalho em prol da igualdade racial. Em seu discurso, Ramos agradeceu ao público que, por meio das redes sociais, fez a com que a novela 'Lado a Lado', da Rede Globo, se tornasse ainda mais conhecida e respeitada pelo pioneirismo em abordar a história dos negros no Brasil. O ator e também diretor do programa Espelho do Canal Brasil, ressaltou a importância de mais iniciativas com essa na mídia. 

Ainda no discurso, o ator fez um protesto contra a presença do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) na Câmara Federal "Inclusive o que a gente quer ver no Brasil são mais pessoas como os heróis de 'Lado a Lado' e menos pessoas como Marco Feliciano. A gente compartilha dessa idéia (...) Fora Feliciano", disse o ator global que é conhecido pela sua militância nas causas raciais desde a época que atuava do Bando de Teatro Olodum, em Salvador.




Assine a FanPage do CORREIO NAGÔ  no Facebook e fique bem informado/a

http://www.facebook.com/pages/Portal-Correio-Nagô/391484814207999?r...

Exibições: 3804

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de RICARDO ANDRE DA COSTA LYRIO em 29 março 2013 às 12:14

Apoiado LAZARO RAMOS.. O que se questiona dele não é sua religião. E sim sua falta de respeito pra com as outras pessoas q não são do meio dele. Ele pode ser qualquer coisa menos presidente da COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS. Sou negro sim e com muita honra.  Sou gay por opção. e ninguém tem nada haver com isso. E não vai ser um deputadozinho de R$ 1,99 que vai me pintar de branco e me fazer gostar de mulher somente pq ele acha que quer.

Comentário de RICARDO ANDRE DA COSTA LYRIO em 29 março 2013 às 8:49

Esse VERME marco feliciano, tenho pena dele. Em um site desses  ele diz ser mestiço. Ok mas não assumil a sua outra posição. Ele é gay não assumido. Suas atitudes são de uma pessoa revoltada com sua própria raça. Enraivecido por não poder participar de uma parada gay, ser reconhecido publicamente gostaria q fosse. Então se encobriu de uma bíblia e prega a moral e bons costumes. Claro que dele e de seu bando de puxa sacos. Assim ele pode se flagelar. Por isso tenho pena dele. Conheço muitos que casaram constituiram família e  hoje em dia vivem seu próprio inferno. Calma minha gente vocês ainda verão seu arrependimento e ainda terão muita pena dele.

 

 

 

 

 

 

 

Comentário de CECI SILVA em 22 março 2013 às 0:55

PARABÉNS PARA LÁZARO RAMOS DUPLAMENTE, PRIMEIRO POR SER HOMENAGEADO COM TODO MÉRITO, SEGUNDO POR TER A CORAGEM E A FELICIDADE DE EXPOR A OPINIÃO DE TODOS NÓS NEGROS(AS) DE REPÚDIO A ESTE  DEPUTADO MARCO FELICIANO, QUE É ALGOZ E NUNCA FOI NEM SERÁ DEFENSOR DE DIREITOS HUMANOS.

Comentário de Valdina Oliveira Pinto em 22 março 2013 às 0:29

Parabéns a Lázaro pela justa homenagem recebida. Que seja sempre abençoado na sua trajetória. Que bom seria se muitos dos nossos artistas baianos negros tivessem um pouco do seu comprometimento. É isso aí mano Lázaro! Continue sua caminhada dando passadas largas e firmes.  

Comentário de Ivanovitch Medina Santos em 21 março 2013 às 22:19

Esse pastor é o único cuja igreja só tem ariano e hetero.

Comentário de Jonas Evaristo Ferreira em 21 março 2013 às 20:13

Ainda não vi uma caveirinha negra....rsrsr, por isso quando posso, posto eu e meu destino lado a lado( eu e minha caveirinha). A vários tipos de doenças e doentes, com a pele negra ou branca. Então, chamar quem lê bíblia de palhaço só demonstra que ser esse tipo de político, nada contraria a lei vigente do mais forte e mais lacaio. Se quero ser respeitado em minhas idéias e crenças, devo entender primeiro o que faz do outro o ser pequeno diante desse universo e só então, poderei dizer não a todas as formas de preconceitos e racismos desse país. Posturas estúpidas e imbecis como a desse Jean só faz crescer o ódio aos gays, negros e minorias e aproximar o Feliciano de suas bases religiosas perpetuando e abrindo espaço na política para pessoas como eles: irresponsáveis ao representar uma minoria. Quanto ao Lázaro, não faz mais que sua obrigação como negro.

Comentário de Maria Helena Ramos de Oliveira em 21 março 2013 às 20:01

O ator negro tem que ter esta postura, mais uma vez Lázaro consegue chamar a atenção das pessoas brancas e não brancas para que juntos e misturados busquemos uma maneira de minar o racismo, o preconceito e as intolerancias que persistem no Brasil.

Comentário de Adelson Silva de Brito em 21 março 2013 às 18:45

Que bom ver que os nossos heorois negros de hoje assumem atitudes diferentemente da postura demosntrada pelo Sr. Edson Aranates do Nascimento, que, na década de 60 recusou o convite feito a ele pelos representantes das comunidades do Harlem, famoso bairro negro dos Estados Unidos, que o convidou juntmente com os demais jogadores negros do Santos F.C.Ele nessa época alegou que o motivo pelo qual declinava do convite era por que "...no Brasil não existe preconceito racial" (sic). Esse tipo de babaqeuice incentivou o comportamento tipo "escurinho", ou seja, o negro Pai Tomás que a tudo aceita sem questionamentos, "para não ter fama de encrenqueiro (como a fama que teve o meu tio Valter de Brito, um negro ousado que, dentro do seu direito, enfrentava a polícia).

Parabéns a Lázaro Ramos, esse jovem ator,legítiimo representante do afrodescendente no quesito "oportunidade x realização". E fora Feliciano! Fora das Comissões e fora do Congresso também. Já é hora de começarmos a limpar as casas legislativas, varrendo-a dos oportunistas. Chega de picaretas!!!.

Comentário de Sandro Rôssas em 21 março 2013 às 17:39

gente!!!! vamos com calma... pelo que vi os dois lados estão cometendo excessos... assisti alguns vídeos dos dois lados e acho que há alguns equívocos.... é lógico que as manifestações racistas e homofóbicas são totalmente repudiáveis, mas algumas declarações do deputado Jean tbm o são... chamar quem lê a bíblia de palhaço é uma ofensa quase no mesmo nível... não que eu defenda o que está escrito nela, mas é pelo respeito a crença das pessoas... além do absurdo que acho ele defender a prostituição...defender a igualdade não é fazer com que os outros se submetam as nossas preferências... ou criar privilégios para uma minoria... e sim estabelecer uma forma de viver pacíficamente...a cor da pele ou a orientação sexual não medem a capacidades das pessoas... então entendo que as normas devem ser estabelecidas para a maioria... aqueles que optarem por outras escolhas devem saber que escolhas tem seus bônus e seus ônus... e cabe a quem tiver outra opção se adaptar ao sistema que foi escolhido pela maioria... lembrem-se que quem colocou os deputados lá no congresso foi a população... e se o cara chegou a comissão de direitos humanos foi por uma escolha justa e democrática... não podemos achar que quando nós estamos no poder é democracia e quando "eles" estão é ditadura... Por isso peço calma e reflexões menos radicais... só assim se chegará a um bom entendimento... 

assim como os homossexuais querem respeito por sua escolha é preciso que eles respeitem as escolhas dos evangélicos, por exemplo...  mas acredito que mesmo com tudo isso a nossa sociedade vai encontra um meio termo e viver pacificamente....  abraço a todos...

Comentário de Zeuza Maria Freitas Lima em 21 março 2013 às 16:52

O preconceito racial, assim como o machismo, a homofobia, a lesbofobia e todos os tipos de opressão alimentados pelo capitalismo são resistentes e perniciosos à dignidade humana. E é interessante ver que mesmo fazendo parte de uma emissora como a Globo, o ator Lázaro Ramos tenha uma postura tão louvável. Parabéns pela coerência e vamos continuar engrossando as fileiras contra  esse tipo de doença social que é o preconceito. Políticos desprezíveis como esse Feliciano precisam ser extirpados do mundo político para que não continuem a levantar essa vergonhosa bandeira, perpetuando o que há de mais retrógrado e reacionário . Precisamos nos organizar e lutar  todos os dias em qualquer espaço pela transformação dessa realidade e exigir que o governo Dilma vá além das políticas de reparação.

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço