Conhecendo e Respeitando a Diversidade Cultural

 

 

Depois de uma turnê pelos interiores do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, chega à Bahia o Espetáculo “Baianidade Baiana”, da Cia. Baiana de Risos. Companhia de Teatro fundada em 1990, no Rio de Janeiro, com elenco em sua maioria atores baianos, negros, talentosos e corajosos que deixaram o seio familiar em busca de realização e reconhecimento profissional. A Cia. Atua dentro e fora do palco. Em cena suas galhofas são consumidas e refletidas, fora delas, são verdadeiros cientistas bisbilhoteiros que fazem de cada atitude alheia uma fonte de estudo.

Dentro do que chamamos TPB (Teatro Popular Brasileiro) a Cia. Desenvolve seus Projetos visando rebater pré-conceitos, discriminações e usando o “Humor” como antídoto para rebater a visão mitológica, criada principalmente pela população de Sul e Sudeste do Brasil, em cima da figura nordestina, em sua maioria negros e menos afortunados.

“Baianidade Baiana” fala da Diversidade Cultural do País, que mesmo apesar da globalização, que busca a mundialização do espaço geográfico __ tentando, através dos meios de comunicação criar uma sociedade mais homogênea __ aspectos locais continuam fortemente presentes. A Cultura de cada região é um desses aspectos que resiste a essa homogeneidade mantendo seus costumes e tradições.

A Bahia, por fazer parte do Nordeste e ser um dos primeiros territórios a receber os colonizadores, com a catequização dos índios e logo após com a vinda da mão de obra escrava africana tem uma vasta herança cultural representada através das danças, culinária, artesanato, arquitetura, festas populares, músicas e lutas regionais como: a capoeira e o maculelê.

O nordestino ao sair de sua terra natal em busca de seus sonhos e lenda pessoal enfrenta muitas dificuldades. Principalmente quando tem a pele escura. Todo nordestino, seja qual for a cidade do nordeste a que ele pertença, passa a ser chamado de paraíba ou baianada.

É através do bom humor, da coragem e persistência, características imprescindíveis nos baianos que a Cia. Baiana de Risos, fala através de “Baianidade Baiana” sobre a Diversidade Cultural da Bahia e responde as essas ofensas contando um pouco sobre a colonização, a herança, as influências, os costumes e mostrando que para respeitar a diversidade cultural é preciso conhecer e entender as diferenças e a história de cada povo.

Orgulho de ser Nordestino!

 

 

É incrível, mas às vezes o próprio baiano desconhece e não entende a sua cultura e por isso muitas vezes também discrimina o seu povo e não valoriza a sua arte e o seu talento.

E no intuito de mostrar que “Santo de Casa” também faz milagres e que o baiano precisa aprender a conhecer os filhos da terra que migram em busca de reconhecimento profissional e espaço para mostrarem o seu talento é que a Cia Baiana de Risos traz para a Bahia mais um sucesso de público com conscientes gargalhadas.

O espetáculo, de elenco baiano, com os atores: Marcos Magno de Camaçari e Marcos Lima de Guanambi. Ambos negros, jovens, morando no Rio há alguns anos, onde graças aos seus talentos, determinação e profissionalismo têm levado o nome da Bahia com muito orgulho e recebendo os aplausos em nome de seu povo. Chega a Salvador em Novembro para sua primeira temporada, no Teatro do ICBA, no Corredor da Vitória, todas as sextas e sábados, sempre as 20hs e espera contar com o apoio de toda a família baiana para lotar aquele espaço todas as sextas e sábados e principalmente mostrar que é através da arte que nos realizamos e provamos que o baiano não nasce: Estréia.

A escolha pelo mês de novembro para pauta em Salvador foi proposital, pois é o mês em que comemora a Consciência Negra, homenageia Zumbi, negro, de descendência de guerreiros angolanos, que mesmo tendo sido capturado, batizado no catolicismo pelos colonizadores, que mudaram seu nome para Francisco, não negou suas origens, nem traiu seu povo, fundou o quilombo e protegeu seu povo até o dia da sua cruel decapitação. E é aproveitando essas comemorações que os atores da Cia. Baiana de Risos vêm comemorar com o seu povo a vitória através de sua arte e assumem diante de todos que SENTEM ORGULHO DE SER NORDESTINO!.

Exibições: 121

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço