Bloco afro “Os Negões” realiza neste domingo (18) a 6ª edição do Festival de Música e Arte

Evento gratuito integra programação de aniversário dos 30 anos do bloco, denominado “Bodas de Pérola Negra”

 

Um dos blocos afro mais tradicionais de Salvador já está esquentando os tambores e atabaques para a realização da maior festa de rua do planeta, o Carnaval 2012, quando o bloco completará 30 anos de história. No próximo domingo (18), o bloco realiza a 6ª edição do Festival de Música e Arte da Associação Cultural Os Negões (FestNegões). O evento gratuito será a partir das 15h, no Largo do Monte Belém (Avenida Vasco da Gama, ao lado do viaduto da Av. Garibaldi), com a presença de convidados especiais.


 O tema do FestNegões deste ano é o aniversário de 30 anos do bloco, denominado “Bodas de Pérola Negra”. Na ocasião, diversos compositores irão disputar a escolha da música tema, nas categorias Samba Tema e Samba Poesia, para o Carnaval 2012. Além do festival, o bloco afro “Os Negões” realiza ensaios especiais na Praça Quincas Berros D’Água (Pelourinho) nos dias 16 e 30/12, 13 e 27 de janeiro, sempre às 19h. No próximo ensaio, dia 16, a banda receberá como convidado especial o cantor Gerônimo (a confirmar) e a apresentação do balé afro Jogo de Ifá. Aos sábados, acontece os Ensaios Culturais de Rua, no Largo do Monte Belém, às 19h, com entrada gratuita.

“Com essas atividades e ações estamos aquecendo os tambores para a comemoração dos nossos 30 anos. Hoje, somos 200 músicos distribuídos entre a percussão e a ala de canto, sob regência do Mestre Tatá, que se dedicam para colocar o bloco na rua e para valorizar a identidade negra”, disse o presidente do bloco, Paulo Roberto Pereira. O bloco surgiu no Carnaval de 1982 e foi criado por um grupo de militantes, artistas e esportistas que frequentavam juntos as festas de largo de Salvador, mas no Carnaval sempre se dividiam entre os diversos blocos afro da cidade. Para não continuarem separados durante a folia, decidiram criar o bloco Os Negões.

 

Fest Negões
Para concorrer na escolha da música tema, nas categorias Samba Tema e Samba Poesia, o (a) candidato (a) deve se inscrever na sede do bloco (Avenida Vasco da Gama), das 14h às 18h, de segunda a sexta-feira, munidos de: identidade e CPF; 10 (dez) cópias legíveis da letra da composição digitadas na impressão de ofício A4, com espaçamento de 1,5 e fonte Arial e um CD com a gravação do ritmo que a música será interpretada. As duas composições musicais mais pontuadas de cada categoria receberão um prêmio no valor de R$ 500 para o primeiro lugar e R$ 250 para o segundo. As inscrições gratuitas para a escolha da música tema vão até 16 de dezembro.


 

 

Responsabilidade social
O bloco “Os Negões” desenvolve projetos importantes para a população carente de Salvador como: cursos de capoeira e cidadania, fabricação de instrumentos de percussão e violão e oficinas de dança. Na área da educação, desde 2002, o bloco implantou, em parceria com a Universidade do Estado da Bahia (UNEB), o curso pré-vestibular e de alfabetização para jovens e adultos. “Estes projetos capacitam os participantes para o mercado de trabalho, mas, sobretudo, para um novo olhar sobre si mesmo, sobre o próprio corpo e sobre a realidade ao seu redor. Buscamos, por meio dessas oficinas, estimular o autoconhecimento, o enriquecimento cultural, uma visão futura transformadora, além da consciência de pertencimento. O resultado prático disso pode ser conferido em apresentações feitas durante o ano em escolas municipais, estaduais e demais instituições”, destacou Paulo Roberto Pereira.

 

 

Mais informações:
8765-2682 / 8607-7571

osnegoes.imprensa@gmail.com

Twitter: @blocoosnegoes

Exibições: 891

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Dilnei Severo em 1 fevereiro 2012 às 12:20

Identidade negra aparece quando nós mesmos, os negros , deixarmos de nos referirmos a nós mesmos pela cor da pele. É assim que atraímos os brancos para fazerem o mesmo e nos colocar no nosso lugar.

Este bloco, com todo respeito pelas suas atividades culturais deveria trocar de nome. "Negão" aqui no sul é o mesmo que te chamar de coisa.

Somente afirmar a negritude não resolve. O que interessa é o desenvolvimento do amor próprio, do aumento de nossa auto-estima para buscarmos horizontes diferentes.

Porque a Bahia não tem um representante negro. Ou os blocos são cada um por si ?

Comentário de daisysilvadejesus em 27 dezembro 2011 às 0:05

OLÁ PAULO. É DAISY DA DANÇA DE SALÃO. DEMORA MAIS AS COISAS ACONTECE. FICO FELIZ  PELO BLOCO E POR VC. FELIZ 2012. COM MUITO AXÉ.BJOS

Comentário de sergio baleiro em 26 dezembro 2011 às 10:01

ainda existi racismo distiçao de cor sao 30 anos de militancia aprotesta liberdade e igualdade povo negro vamos  a canta aut. sergio baleiro

Comentário de Marilene Paré em 18 dezembro 2011 às 0:29

 

    PARABÉNS AOS NEGÕES,DA AMIGA DO RGS,COM FORTE ASÉ,MARILLENE PARÉ

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço