Bloco Alvorada realiza a 27º Caruru com samba

 

Caruru, vatapá e samba são alguns dos ingredientes do tradicional Caruru do Bloco Alvorada, que acontece neste domingo (25), a partir das 15h, na Praça Tereza Batista, Pelourinho. O evento marca o início das atividades comemorativas dos 37 anos do Bloco, para o desfile do carnaval de 2012, na sexta-feira de carnaval, no circuito Osmar.

Regado a samba e azeite, a distribuição do caruru é um destaque dentro da grade de programação dos ensaios realizados pelo Bloco, que será animado pelos grupos Bambeia, 5 Mulek’s e 1 Atrevido, Na Média e Negros de Fé, além do cantor Aloísio Menezes e da sambista Gal do Beco. Desde 1984 o caruru é ofertado na abertura das atividades carnavalescas e reproduz um ritual tipicamente baiano de ‘distribuir caruru’, no mês de setembro. Isto simboliza pagamento de promessa aos santos São Cosme e São Damião, que além de protetor das crianças e dos médicos, no sincretismo religioso representa os erês, a renovação e que para o Bloco, vem também simboliza uma boa abertura dos trabalhos.

Cozido com quatro mil quiabos, o prato é servido acompanhado do xinxim de galinha, feijão fradinho, vatapá, farofa de azeite, feijão preto, acarajé e abará, representando um dos principais pilares da culinária afro. Para Vadinho França, presidente do Bloco Alvorada “nada mais justo do que começar os festejos celebrando a renovação, a energia e agradecendo pelo carnaval passado”. Além disto, o caruru atrela a religião e música, numa comemoração temperada com muito samba.

Todo o caruru é preparado por um dos Terreiros de nação Angola mais tradicionais da Bahia, Terreiro do Bate-Folha Manso Banduquenqué, (Sociedade Beneficente Santa Bárbara do Bate Folha). Localizado no bairro da Mata Escura, ele foi tombado pelo IPHAN em 2003. Pode-se caracterizar esta devoção e a relação com a religião a Cosme e Damião, na associação do “samba e o caruru”.

Tradição baiana

Durante todo o mês de setembro os baianos possuem a tradição de distribuir caruru e seus acompanhamentos, em homenagem aos santos São Cosme e São Damião. De fato, a data é celebrada no dia 27 de setembro e na Bahia e no Rio de Janeiro representa o sincretismo religioso. Isto porque os gêmeos são celebrados nas religiões de matriz africana, como Candomblé, Batuque, Xangô do Nordeste, Xambá e pelos centros de Umbanda. Nelas, são cultuados e associados aos ibejis; gêmeos amigos das crianças com a capacidade de atender qualquer pedido que lhes fosse feito, em troca de doces e guloseimas. Por conta disto, no nono mês do ano, as crianças, independentes da religião, lotam as ruas em busca dos agrados doces, brinquedos, caruru, vatapá, doces e pipoca para a vizinhança. 

 

SERVIÇO

O que: 27º tradicional caruru com exposição fotográfica do Bloco Alvorada

Quando: Domingo, 15 de setembro, ás 14h

Onde: Praça Tereza Batista - Pelourinho

Quem: Bambeia, 5 Mulek’s e 1 Atrevido, Na Média e Negros de Fé, Aloísio Menezes e Gal do Beco

Quanto: 400g de leite em pó

http://www.blocoalvorada.org.br/ 

Exibições: 525

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço