O reino da fantasia que a legislação eleitoral brasileira cria a cada eleição, cabem também os números que cada candidato declara como sendo seu patrimônio. Não dá para acreditar muito na versão que os postulantes aos
diversos cargos registra na Justiça Eleitoral, embora não haja nada de ilegal
no fato de o candidato ser rico.



Digna de registro é a sinceridade do candidato a vice-governador na chapa do ex-governador Paulo Souto (DEM), Nilo Coelho (PSDB). Milionário há muito tempo, ele declarou ao Tribunal Regional Eleitoral que, além do patrimônio
registrado, guarda em sua casa nada menos que R$ 912 mil em espécie. Isto fez
dele o segundo na relação dos políticos que guardam dinheiro vivo em suas
residências. O campeão é Orestes Quércia, candidato a senador pelo PMDB de São
Paulo. A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, revelou que guarda R$
113 mil em casa.



Nenhum deles esclareceu – até porque não lhes foi pedido isto – para que guardam tanto dinheiro sob o colchão.

Exibições: 26

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço