Cantoras Negras Lésbicas são Invisíveis para a Mídia Nativa - por George Oliveira

Não cabe a este texto fazer uma defesa ou acusar a declaração feita por Daniela Mercury. Apenas ensaiar (iniciar) uma análise à repercussão que a mídia nacional deu ao caso durante a última semana. E fica uma dúvida, de como seria se esta mesma declaração fosse feita por uma artista negra. Teríamos a mesma abrangência chegando ao ponto de aparecer entre as noticias do Jornal Nacional, conforme ocorrido em 03 de abril de 2013 (link ao final do texto). 

 

Em depoimento, numa rede social, a militante do movimento negro e socióloga Vilma Reis fez o seguinte cometário:

O Brasil anda fraco de notícias naquela que Mino Carta chama de ‘mídia nativa parida das entranhas da casa-grande’, porque depois de um mês longe das redes sociais a ‘novidade’ é que Daniela Mercury é viada, como muitas de nós. E nesta mesma mídia não repercute o que outra cantora lésbica, Ellen Oléria, postou no mesmo dia, de mais um crime de racismo na capital federal, quando o proprietário fez a inspeção racial e em seguida ‘desistiu’ de alugar um apartamento numa chamada área ‘nobre’ de Brasília...vamos assistir o Ba-Vi...e seguir. Não tem jeito, cada negro, cada negra na cena precisa causar um distúrbio. Nossas velhas lições do Movimento Negro continuam válidas!!!

 

Um depoimento que traz elementos importantes para o bom bate papo sobre o racismo e a invisibilidade das questões raciais (negras) no Brasil. Embora se trate de mais um daqules temas que parecem complexos para escrever. Aceita um desafio?

 

Mino Carta e a Mídia Brasileira

 

Segundo o site da carta Capital: “Mino Carta é diretor de redação de CartaCapital. Fundou as revistas Quatro Rodas, Veja e CartaCapital. Foi diretor de Redação das revistas Senhor e IstoÉ. Criou a Edição de Esportes do jornal O Estado de S. Paulo, criou e dirigiu o Jornal da Tarde.” Para Mino Carta, “O país do futuro é estranhamente obsoleto e continua a pagar caro por três séculos e meio de escravidão.” Em sua opinião:

 

A imprensa tem obrigação de ser honesta. Aquela história de ela ser objetiva está errada. Você não consegue ser objetivo em momento algum da vida. Imagina escrevendo! Você é subjetivo até quando deposita uma vírgula. Mas precisa existir honestidade, entende? Ouvir quem está de um lado, quem está de outro. Dar o mesmo peso às declarações de ambos. E, depois, dar a sua opinião, acentuando a diferença entre o que é verdade factual e o que é opinião. A verdade é um fato simples. Esta é uma mesa [ele aponta para a mesa], isso é um copo, estou tomando Coca-Cola. Vocês são jovens estudantes, eu me chamo Mino. Essa é a verdade factual. A imprensa brasileira mente o tempo inteiro, omite informações, quando não convém ao ponto de vista deles.

 

Daniela, Ellen e o Racismo

 

Para quem não ficou sabendo, (o que acho um pouco difícil), Daniela Mercury declarou, através da internet, que se casou com a jornalista baiana Malu Verçosa. As fotos do casal foram divulgadas numa rede social e tiveram repercussão imediata. Ela aproveitou para criticar o deputado Marco Feliciano, por este ser contra os homossexuais e por ter assumido a comissão de direitos humanos da câmara de deputados.

 

Conforme Vilma Reis anunciou, na mesma semana uma notícia trazia trouxe-nos a seguinte informação: A cantora Ellen Oléria denunciou, neste domingo (7/4) que teria sofrido uma suposta discriminação durante uma visita para alugar um apartamento o proprietário teria questionado como ela iria pagar o aluguel e feito uma série de perguntas com um "tom duvidoso e com olhar inquisitor e desistiu de alugar o imóvel para a  cantora brasiliense vencedora do The Voice Brasil 2012.

 

Guardada as devidas proporções, já que a rainha do Axé Music tem uma longa e sólida carreira musical e Ellen tornou-se conhecida do grande público há cerca de seis meses, cabem alguns questionamentos: Qual seria a postura da mídia nativa, caso Daniela e Malu passarem pela mesma situação que Ellen e Poliana? Será que teremos milhões de compartilhamento e espaço na mídia nativa? Ou Daniela não seria mais um pauta interessante e estaria desgastada?

 

O fato que é que a declaração da cantora brasiliense  teve um repercussão infinitamente menor ao da cantora baiana. Embora o da primeira traga à tona um crime bastante comum no Brasil que é o racismo. Sigamos como disse Vilma, vigilantes e combativos com o racismo e suas diversas manifestações. Algumas silenciosas e outras bastante explicitas, que deixam varias marcas, as vezes irreparáveis, principalmente para as mulheres negras do nosso país.

 

E você, o que pode dizer sobre a invisibilidade negra na mídia?

 

Cinco Cantoras  Negras Lésbicas são Invisíveis para a Mídia Nativa:

 

  1. Leci Brandão: “...o fato de eu ser homossexual é uma coisa que não me incomoda, não me apavora, porque eu não devo nada a ninguém.”

Fonte :http://comerdematula.blogspot.com.br/2009/02/ativismo-lesbico-de-le...

 

  1. Ellen Oléria: “Canto o universo de uma negra, lésbica...”

Fonte: http://blogueirasfeministas.com/2011/11/ellen-oleria/

 

  1. Pepê: “Nós duas somos homossexuais”
  2. Nenem: “A gente é desde criança. As duas. Eu com dez anos de idade me apaixonei por uma menina”

Fonte:              http://www.cifraclubnews.com.br/noticias/37546-pepe-e-nenem-cantora...

 

  1. Martinalia: “lésbica assumida, ela escancara sua opção sexual ao cantar sambas como "Tava por Aí" - de versos como "E foi assim que eu te encontrei / Bonita, peituda, cheirosa, pedante, teimosa"

Fonte: http://semnenhumpreconceito.blogspot.com.br/p/mulheres-que-gostam-d...

 

Indicações para leitura:

 

http://www.geledes.org.br/em-debate/colunistas/17047-mino-carta-e-a...

·  A mídia brasileira segundo Mino Carta

http://saraiva13.blogspot.com.br/2013/01/a-midia-brasileira-segundo...

· Daniela Mercury anuncia que se casou com uma jornalista baiana

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/04/daniela-mercury...

  • Pelo Facebook, Ellen Oléria denuncia que teria sofrido discriminação

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2013/04/07...

· Atenção mercado imobiliário de Brasília: façam suas ofertas! Ellen Oléria quer alugar um imóvel!

http://correionago.ning.com/profiles/blogs/aten-o-mercado-imobili-r...

====================

George Oliveira

Economista

Militante do Movimento Negro

Mestrando do CIAGS/UFBA

grbo2003@yahoo.com.br

#17

Exibições: 4571

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço