Cartunista Maurício Pestana lança livro Racismo: cotas e ações afirmativas dia 18 de novembro em São Paulo

O que pensam sobre as relações étnico-raciais no Brasil personalidades como os presidentes Lula e José Sarney; o cantor e ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil; a jornalista Miriam Leitão; o rapper Rappin Hood; o líder do Movimento Nacional da População de Rua, Anderson Miranda e a yalorixá Mãe Estella de Oxóssi?

 

O jornalista e cartunista, Maurício Pestana,  reuniu em um livro 46 das  entrevistas exclusivas que fez com personalidades públicas e formadores de opinião. As matérias foram publicadas, entre 2007 e 2013, nas  “Páginas Pretas” da Revista Raça Brasil, onde atuou como Editor e Diretor Executivo;  e agora estão nas páginas do livro Racismo: Cotas e Ações Afirmativas (Editora Anita Garibaldi e Fundação Grabois), que será lançado com sessão de autógrafos, em São Paulo, no dia 18 de novembro, às 18h30,  na Livraria da Vila –  Avenida Higienópolis, 618 - (Shopping Higienópolis). 

Todos os entrevistados, negros e brancos,  entre eles personalidades estrangeiras, foram desafiados a fazer suas reflexões, além de contarem suas histórias e experiências pessoais com o racismo,  com a polêmica da adoção das cotas raciais nas universidades e a aplicação de políticas de ações afirmativas num país que tem a segunda maior população negra do mundo. De acordo com o Censo do IBGE (2010), a população preta e parda corresponde a 50,7% da população brasileira, chegando a mais de 100 milhões de habitantes.

Pestana diz que o que motivou a obra é que ela traz à tona grandes reflexões sobre uma problemática importante, central e necessária para a promoção da igualdade racial. “Traduzir, a partir do ângulo de quem vive, sente ou de quem não sente propriamente na pelo o racismo, mais o enxerga tentando compreender e construir estratégias de enfrentamento ao racismo é, sem dúvida, uma alternativa eficaz para melhor compreender o perfil das desigualdades”, afirma.

Os entrevistados

O autor, que já tem 52 obras publicadas entre livros e cartilhas sobre o tema,  conta que foi tarefa difícil conseguir chegar a cada um dos entrevistados. Algumas entrevistas só resultaram depois de meses de negociação,  como a da jornalista Miriam Leitão e do presidente Lula, que na época estava em seu segundo mandato. “Todos os personagens que estão no livro me receberam presencialmente. Foram  conversas que duraram 40 minutos em média. Como jornalista me senti na responsabilidade, no sentido mais amoroso do termo, de intermediar esta comunicação entre personalidades tão importantes e marcantes da história do Brasil”.

Segue a lista dos entrevistados, com cargos na época da entrevista,  que estão no livro Racismo: Cotas e Ações Afirmativas:

Abdias Nascimento (artista e intelectual (1914-2011)); Alberto Alves da Silva (Seo Nenê, fundador da Escola de Samba Nenê de Vila Matilde (1921-2010)); Anderson Lopes Miranda ( líder do Movimento Nacional da População de Rua); Benedita da Silva (Vereadora, Deputada, Senadora, Governadora e Ministra); Carlos Alberto Reis de Paula (Juíz Ministro do STT); Dennis Watlington ( cineasta e ator norte-americano); Edison Dias (Executivo financeiro); Edson Santos (ex- Ministro da SEPPIR); Eloi Freitas (ex-Ministro da SEPPIR); Emanoel Araujo (artista plástico, Diretor-Curador do Museu Afro Brasil); Epsy Campbell ( Presidente do Partido Ação Cidadã); Flavio Andrade (Executivo hoteleiro); Gilberto Gil (cantor, compositor e Ex-Ministro da Cultura); Ivete Sacramento (Reitora Universidade da Bahia); James Early (Ativista, PhD em História da América Latina e Caribe); João Jorge (Mestre em Direito Público, fundador e presidente do Bloco Afro Olodum); José Sarney (Presidente do Brasil, entre 1985 e 1990); Juca Ferreira (ex-Ministro da Cultura); Kabenguele Munanga (Diretor do Centro de Estudos Africanos da USP); Leci Brandão (cantor, compositora e Deputada Estadual – SP); Luislinda Valois (Juíza Desembargadora -  BA); Luiz Inácio Lula da Silva (Presidente do Brasil, de 2003 a 2011); Luiza Bairros (Secretaria da Promoção da Igualdade Racial – BA; atual Ministra da SEPPIR); Mãe Estella de Oxóssi (yalorixá do Ilê Axé Opó Afonjá – BA); Major Airton Edno Ribeiro (professor da PM e Mestre em Educação das Relações Raciais); Margareth Menezes (cantora e compositora); Maria Laura ( Embaixadora do Brasil na ONU); Matilde Ribeiro (ex-Ministra SEPPIR); Miriam Leitão (jornalista); Mirian Silva (Coordenadora do Centro Cultural de Porto Seguro – BA); Netinho de Paula (artista e vereador SP); Orlando Silva (ex-Ministro dos Esportes); Palmira Gonçalves (angola, ativista do MPLA); Paulo Paim (Senador); Petronilha Beatriz (Titular do Ensino Aprendizagem Relações Étnico-Raciais da UFSCar); Rappin Hood (Rapper); Regina Aparecida Pereira (líder do Quilombo Cafundó – SP); Reinaldo Bolivar (Chanceler da Venezuela – Ministério da África); Rilza Valentim (ex-prefeita de São Francisco do Conde –BA (1963-2014)); Roberto da Silva (ex-presidiário, Mestre em Educação); Theodosina Ribeiro (primeira vereadora e primeira Deputada negra de São Paulo); Thomas A. Shannon (Diplomata norte-americano); Tia Eron ( presidente da Comissão de Direitos da Mulher da Câmara Municipal de Salvador – BA); Timothy Mulholand (Universidade de Brasília); Valmir Assunção (Líder do MST); Wagner Gomes Bornal (Arqueólogo).

 

 

O autor

Maurício Pestana iniciou sua carreira no jornal O Pasquim, nos anos 80. Cartunista político, jornalista e escritor, é autor de trabalhos com reconhecimento internacional. Atuou nos jornais Diário Popular, Diário do Grande ABC e A Gazeta Esportiva. Publicou entre outros, os seguintes livros: A Transação da Transição (85). O Negro no Mercado de Trabalho (86), Educação Diferenciada (89), Meu Brasil Brasileiro (2002), Racista, Eu!? De Jeito Nenhum (2001) e São Paulo – Terra de Toda Gente (2004). Em 2007, assumiu a Diretoria Executiva da Revista Raça Brasil, onde criou a seção Páginas Pretas. Se licenciou do cargo para assumir em 2014 a Secretaria Adjunta da Secretaria Municipal da Igualdade Racial de São Paulo.

 

 

 

Ficha Técnica:

 

Racismo: Cotas e ações Afirmativas

Editora Anita Garibaldi e Fundação Grabois

Autor: Maurício Pestana

ISBN: 978-85-7277-153-5

320 páginas.

Formato: 23 X 16 cm

R$ 40,00

 

 

Exibições: 307

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço