Comemorando 31 anos, Bloco Muzenza leva dança afro para a Avenida no Carnaval 2013


Bloco afro da Liberdade desfilará no sábado, segunda e terça-feira
 
O Muzenza, um dos mais tradicionais blocos afro da Bahia, prepara uma grande performance durante os desfiles nos Carnaval 2013, que acontecerão sábado, segunda e terça, além de integrar o desfile especial do Afródromo, domingo, no Campo Grande. A entidade, criada em 1881, no bairro da Liberdade, completa 31 carnavais, sempre marcados pela força da percussão, do canto no ritmo do samba reggae, das alas de dança e da presença marcante de baianos e turistas apaixonados pelo bloco.
Com o tema “História da Dança Afro na Bahia”, o Muzenza trará para a Avenida: 100 percussionistas, centenas de dançarinos, capoeiristas, baianas, além de 350 rastafaris, em uma ala que homenageia o artista jamaicano, Bob Marley, divulgador da cultura rastafári pelo mundo. A fantasia, com desenho do artista plástico Mundão, já pode ser adquirida na sede do bloco (Rua das Laranjeiras, 22, Pelourinho), e custa R$180,00 para os três dias de folia.
“Queremos mais uma vez abrilhantar o desfile no Campo Grande e nas ruas do Centro de Salvador, por onde passa o bloco Muzenza, com muita plasticidade, brilhantismo e a batida incomparável da percussão. Faremos mais um carnaval de paz e beleza, elevando a cultura negra no Carnaval da Bahia”, promete o presidente do bloco afro Muzenza, Jorge dos Santos. Muzenza é um termo de origem bantu-kikongo, e é o nome dado aos iniciados nos candomblés de nação Angola.
Sucessos - O Muzenza foi criado em 1981, como tributo ao ícone da música reggae, Bob Marley, que morreu no mesmo ano. Desde então, o Muzenza vem revelando músicas de sucesso, ao valorizar o samba reggae e a batida percussiva. Canções que caíram no gosto popular e foram gravadas por destacados artistas, como: Daniela Mercury, que despontou nacionalmente com a música Swing da cor (“Não me abandone / Não me desespere / Porque eu não posso ficar sem você”); Gal Costa, que gravou Brilho e Beleza (“O negro segura a cabeça com a mão e chora / E chora, sentindo a falta do rei”), Simone Moreno com A terra tremeu (“Ea terra tremeu / O céu mudou de cor / O bloco do reggae chegou / Muzenza, Jamaica, Salvador”), Margareth Menezes com Povo vem ver (“Dança de Iaô”), entre outros.
A Quarta é do Muzenza – neste verão, o Muzenza marcou presença nas noites de quarta-feira no Pelourinho, com seus ensaios cheios de animação e convidados especiais. Os ensaios foram uma prévia do desfile do Muzenza no carnaval 2013. Entre os artistas que passaram pelos ensaios estão: as cantoras Margareth Menezes, Larissa Luz, Gilmelândia e Juliana Ribeiro, os blocos afro Ilê Aiyê e Cortejo Afro, as bandas Filhos de Jorge, É o Tchan, Adão Negro e Lundu e os cantores Magary Lord, Aloísio Menezes e Ninha, ex-Timbalada. Confira as fotos e vídeos dos ensaios na página do bloco no Facebook: Bloco-Afro-Muzenza-do-Reggae.
Clipe - No verão 2012, o Muzenza participou do projeto Que bloco é esse? da Petrobras, e recebeu a banda pernambucana Nação Zumbi para a gravação do clipe da música Rumpilé (Guerrilheiros da Jamaica). Confira a página do bloco no You Tube: http://www.youtube.com/user/bmuzenza



Bloco Afro Muzenza
31 anos no Carnaval de Salvador
Tema 2013: Homenagem à dança afro da Bahia
Fantasia: artista plástico Mundão
Ritmo: batida percussiva do samba reggae
Ala de Canto: Nem Tatuagem, Chocolate e Barabadá
Ala de dança: Rainha 2013: Sueli Santos. Rainha Muzembela, Claudia Mattos e Rei Muzembelo Siry Brasil.
Fundação: 05 de maio de 1981, ano da morte de Bob Marley, ícone para o bloco
Bairro: Liberdade
Presidente: Jorge dos Santos
Ensaios: todas as quartas-feiras, no verão, no Pelourinho
Percussionistas: 100 (cem)
Integrantes: 2000 (dois mil)
Músicas de sucesso: Rumpilé (Guerrilheiros da Jamaica), Swing da Cor, Brilho de Beleza, Dança de Yaô e A Terra Tremeu

Desfiles 2013:
Sábado, 21h, Campo Grande
Domingo, 11h, desfile Afródromo – Campo Grande
Segunda, 18h, Praça Municipal (concentração na sede do bloco, 17h)
Terça, 19h, Campo Grande

Fantasia
Valor R$180,00 para os três dias de folia
Vendas na sede do bloco (Rua das Laranjeiras, nº 22 – Pelourinho)
Informações: 71. 3256-1620 / 8811-8981 / Facebook: Bloco-Afro-Muzenza-do-Reggae

Exibições: 1217

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de LAZARO JOSE DE JESUS DA SILVA em 9 fevereiro 2013 às 20:31

ESTE É O MELHOR bLOCO AFRO DO MUNDO ONDE AS PESSOAS TEM RESPEITO A CRIATIVIDADE DO POVO,E A SUA COMUNIDADE, NESTE VOCÊ CONVERSA COM O PRESIDENTE E COM O PERCUSIONISTA SEM ESTRELISMOS, E, MUITOS QUE BEBERAM DA ÁGUA DO MUZENZA E VIRARAM ESTRELAS NEM FALAM DO MUZENZA EM SUAS ENTREVISTAS, MAS MUZENZA É SEMPRE O LEÃO INDOMÁVEL DO REGGAE O EMBAIXADOR CULTURAL DA JAMAICA, FELIZ CARNAVAL PARA TODOS ESTAREI AI ANO QUE VEM.

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço