Entidades negras do Carnaval de Salvador negam nota de apoio ao Camarote Salvador

Por André Santana

Redação Correio Nagô 

Diferente do que informa nota publicada por veículos da imprensa baiana, associações como Fórum de Entidades Negras e Associação dos Afoxés, que defendem as entidades de matriz africana do carnaval baiano, negam ter assinado qualquer documento em favor do Camarote Salvador. A nota seria uma reação de entidades carnavalescas contra ação civil pública ajuizada na Defensoria Pública da União da Bahia (DPU/BA), no último dia 10 de fevereiro, solicitando o embargo e a supressão da estrutura já montada do Camarote Salvador, que ocupa área da Praça de Ondina e foi denunciado pelo movimento #DesocupaSalvador.

Procurado pela equipe do Correio Nagô, o presidente do Fórum de Entidades Negras, Walmir França, se mostrou surpreso com a inclusão do nome da associação, que reúne onze entidades do Carnaval. “Não assinamos nada e nem autorizamos o uso no nosso nome nesta nota”. França informa que participou apenas de uma reunião no Othon Palace Hotel, segunda-feira, 13, para discutir os prejuízos causados pela greve da Polícia Militar na economia do Carnaval e não tratou do caso do Camarote Salvador. Entre as propostas apresentadas pelas entidades está a redução das taxas e impostos cobrados pelo Governo do Estado e Prefeitura aos blocos, camarotes, vendedores ambulantes e demais envolvidos na Folia.

Entre as entidades que teriam assinado a nota de apoio ao Camarote Salvador estão: a União de Entidades de Samba da Bahia (UNISAMBA), União dos Blocos de Percussão e a Federação das Entidades Carnavalescas e Culturais da Bahia. Em 2011, essas três entidades integraram um movimento formado por mais de cem organizações carnavalescas, exigindo contrapartida do faturamento gerado pelos seus desfiles frente aos camarotes e arquibancadas nos circuitos do carnaval.

A União dos Blocos de Samba da Bahia (UNISAMBA), por meio do seu presidente, José Luís Arerê, confirma o apoio ao Camarote Salvador: “Seria um desastre para o Carnaval de Salvador que um camarote como aquele fosse desmontado agora, próximo à festa, e depois de tantos prejuízos que já tivemos por conta da greve. No próximo ano, o camarote pode ser revisto, mas para esse ano não dá mais”, afirma. Apesar de alguns representantes de blocos, inclusive de samba, afirmarem ao Correio Nagô que a questão do Camarote Salvador não teria sido pautada nas reuniões realizadas no Othon, Arerê rebate. “Foi sim, e estavam todos os segmentos representados lá. Pode ter tido gente que não prestou atenção, chegou tarde ou saiu mais cedo, mas discutimos esse tema, sim”, confirma Arerê.

Enfático, o presidente da Associação de Afoxés, Nadinho do Congo, repudiou o uso indevido do nome da associação na nota de apoio ao Camarote Salvador. “Não assinamos. Pelo contrário, temos nos mobilizados contra esses camarotes, que além de reduzir o espaço público da festa, lucram com o espetáculo promovido pelos blocos, sem nada em troca”. Nadinho destacou à ação movida por mais de 120 entidades integradas pelos blocos de trio, afro, percussão, samba, índios, travestidos, afoxés e trios elétricos independentes, contra as empresas que exploram os camarotes e tiveram, em 2011, receitas entre 7 e 14 milhões, sem arcarem com qualquer custo com o planejamento e execução do carnaval de Salvador.

As entidades pediram na Justiça uma contraprestação dos lucros dos camarotes no valor de 30% ou que seja seguido, por analogia, o que determina a Lei Pelé (Lei 9615/98) no caso dos direitos desportivos, em que 20% dos lucros devem ser distribuídos aos atletas participantes do espetáculo ou evento. A ação judicial, é assinada pelo jurista baiano e professor de Direito, Augusto Aras, encontra-se na 20a Vara do Tribunal de Justiça da Bahia. 

Exibições: 2611

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de sergio baleiro em 19 março 2012 às 21:14

Neste caso, considerando que o nome foi usado indevidamente, não há melhor recurso que uma ação contra os responsáveis pela nota! É idenização e etc. Inclusive, uma nota pública de repúdio ao comportamento bandido da instituição que cometeu o estelionato; fora isso, para mim é sofismar pra cima da negrada!!!

Comentário de Eu em 16 fevereiro 2012 às 11:19

Recuperar essas histórias positivas, preservar o bom legado e passar adiante é uma maneira de passar bem o bastão. É importante também pensar em deixar bons legados financeiros como por exemplo negócios, dinheiro, ações, comodites, terras, bens valiosos ouro para as próximas gerações. Deixar um bom legado nos campos intelectual, material, moral e espiritual, é promover bons exemplos e fazer a coisa certa, para as próximas gerações. Assim como os outros grupos também o fizeram; é importante deixar um bom legado e construir um bom caminho sólido para filhos, familiares e comunidade. Quando vc subir na escada do sucesso, não esqueça de olhar pra baixo e puxar o seu semelhante. Assim cria se um bom legado e constrói se um bom caminho sólido de sucesso para suas próximas gerações.

Comentário de Eu em 16 fevereiro 2012 às 9:35

Comentário de Euagora mesmo           Excluir comentário

Show BACK BONE! In my opinionThe African descent carnival entities attitude is politically correct. Carnival all over the world is a democratic celebration on the streets of group of people with same affinities. What we have seen throughout the years is a discrimination of this democratic popular celebration. In some places, at first the discrimination was hypocritically done through names, neighborhoods. For example, to participate in a carnival group, people supposed to fill out a form with personal information and photo.The carnival groups could reject the forms without any explanation before people place payment. In other places the discrimination were done in different forms. Now they let the price speak up due to the Melting pot Brazilian policy. Well, hypocritical socio-economic-political policies  always have been the way of doing things. Bottom line is, CARNIVAL IS 4 ALL in the streets without ropes or privilege places.

Comentário de Jaguaracy Conceição em 16 fevereiro 2012 às 6:59

O carnaval baiano já está totalmente elitizado.

Comentário de Eduardo Sergio Santiago em 15 fevereiro 2012 às 18:55

Neste caso, considerando que o nome foi usado indevidamente, não há melhor recurso que uma ação contra os responsáveis pela nota! É idenização e etc. Inclusive, uma nota pública de repúdio ao comportamento bandido da instituição que cometeu o estelionato; fora isso, para mim é sofismar pra cima da negrada!!!

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 15 fevereiro 2012 às 17:06

Pelo Twitter, o tradicional de samba, Bloco Alvorada, se posicionou sobre o fato:

" Informamos que apesar de integrar a Unesamba, não fomos contactados pra opinar nesta assinatura. Vamos verificar o ocorrido"

Confiram: https://twitter.com/#!/alvoradabloco 

Comentário de Edvaldo Nascimento de Jesus em 15 fevereiro 2012 às 16:12

Sabemos, e até por que não somos tolos, que as Entidades Negras, tem um peso imensurável, por isso foi colocado na lista que briga pelo camarote salvador. O camarote salvador usa lugar indevido e tira do folião "pipoca" a oportunidade de fazer o seu carnaval. Na verdade, o Carnaval Baiano entrega cada baiano pobre e negro uma atestado dizendo, "essa festa não é sua". É só olhar quem circula pelas ruas que ligam Barra/Ondina, tirando de nós o direito de participar da maior festa popular do mundo. Já chegou a hora de acabar com esses desmando na Bahia

Vamos á luta!!

Axé!!!    

Comentário de Gleyde Barreto em 15 fevereiro 2012 às 14:44

Luis Bandeira, palmas pra você!!! E acrescentando ao seu comentário (protesto), é por isso que temos que ter muito cuidado com esse discurso de que com candidatos, pertencentes ao movimento negro apenas, tudo estaria resolvido.

A prova disto está aí: com o apoio de entidades negras ao Camarote Salvador, sem nenhuma preocupação com a negrada que ñ tem dinheiro pra brincar em blocos e camarotes, a preocupação é puxar o saco do Governo e empresários do carnaval para receber patrocínio (migalhas, como bem falou o Luiz Bandeira).

Sou a favor das candidaturas negras mas, os negros que tenham compromisso e paixão pela causa.

 

Comentário de Dilnei Severo em 15 fevereiro 2012 às 12:24

Marco antonio

Eu me referi a uma dobradinha. Dois negros  poder total.

Comentário de Luis Bandeira em 15 fevereiro 2012 às 12:16

Blá Blá Blá!!!! Chega meu povo...Porque na verdade Continuamos na conformidade e desesperados aguardando as migalhas das sobras dos banquetes das sec,dep de cultura  dos politicos e dos donos do carnaval da Bahia Então vamos  REPARTIR  com os COITADINHOS DOS BLOCOS AFROS  AFOXES SAMBAS E SIMILARES Como diz Magary: estranho em!

 Na MORAL QUAL É NOSSA POSTURA?

 Porque os Blocos Afros, afoxes e seguimentos afins. Não FAZEM UMA AÇÃO DURANTE O CARNAVAL OU FICAR FORA DO CARNAVAL ? Sera que a gente faz MESMO tanta falta assim?

Observe nossas ESTRELAS NEGRAS elas tem oportunidades TEM o microfone na mão e não dizem (NADA) EM PRO DE nada. Cantam para mais de cem mil pessoas É festival de verão,carnaval, ensaios lavagens etc Porque esses artistas" NEGROS' não aproveita inteligentemente ESTE espaço e abrem a boca ? 

Porque não usamos a palavra nos momentos oportunos. aproVEITO ESTE ESPAÇO E PERGUNTO Olhe a inercia da " NOVA" secretaria de cultura ? Nada para arte produzida por negros. O programa Aprovado por duas semans  convidou quem para falar do carnaval da Bahia 2012 ? Quem sempre PARTICIPA Das coletivas de imprensa do carnaval da Bahia? e a invenção do  o apartaide carnaval (Centro Historico: Bloco afros, afoxes similares... Barra todo mundo já sabe né he,he,he.....)Espaços nobres na tv durante o carnaval he,he,he....Será que a gente faz tanta falta??

 BLÁ BLÁ Bom gente tenho 06 anos vivenciando o carnaval do Recife, pagando passagem aerea hotel simples e rango tudo junto sai mais barato do que os abadas de Salvador, lá  tem tambem muitos problemas,porém a presença dos afoxes, dos terreiros e sobre tudo da cultura negra é muito mais presente em Recife do que na Bahia. A NOITE DOS TAMBORES SILENCIOSOS É UM DOS EXPLOS.

Feliz carnaval para todos, paz e amor.e sexo seguro.a vida continuaaaaaaaaaaaaaaaaa  

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço