Faça o ‘teste do pescoço’ e saiba se existe racismo no Brasil

Aplique o Teste do Pescoço em todos os lugares e depois tire sua própria conclusão. Questione-se se de fato somos um país pluricultural; uma Democracia Racial

Por Luh de Souza e Francisco Antero. via Pragmatismo Político

1. Andando pelas ruas, meta o pescoço dentro das joalherias e conte quantos negros/as são balconistas;

2. Vá em quaisquer escolas particulares, sobretudo as de ponta como; Objetivo, Dante Alighieri, entre outras, espiche o pescoço pra dentro das salas e conte quantos alunos negros/as há. Aproveite, conte quantos professores são negros/as e quantos estão varrendo o chão;

3. Vá em hospitais tipo Sírio Libanês, enfie o pescoço nos quartos e conte quantos pacientes são negros, meta o pescoço a contar quantos negros médicos há, e aproveite para meter o pescoço nos corredores e conte quantos negros/as limpam o chão

4. Quando der uma volta num Shooping, ou no centro comercial de seu bairro, gire o pescoço para as vitrines e conte quantos manequins de loja representam a etnia negra consumidora. Enfie o pescoço nas revistas de moda , nos comerciais de televisão, e conte quantos modelos negros fazem publicidade de perfumes, carros, viagens, vestuários e etc

5. Vá às universidades públicas, enfie o pescoço adentro e conte quantos negros há por lá: professores, alunos e serviçais;

6. Espiche o pescoço numa reunião dos partidos PSDB e DEM, como exemplo, conte quantos políticos são negros desde a fundação dos mesmos, e depois reflitam a respeito de serem contra todas as reivindicações da etnia negra.

7. Gire o pescoço 180° nas passeatas dos médicos, em protesto contra os médicos cubanos que possivelmente irão chegar, e conte quantos médicos/as negros/as marchavam;

racismo no brasil

(Imagem – Ilustração)

8. Meta o pescoço nas cadeias, nos orfanatos, nas casas de correção para menores, conte quantos são brancos, é mais fácil;

9. Gire o pescoço a procurar quantas empregadas domésticas, serviçais, faxineiros, favelados e mendigos são de etnia branca. Depois pergunte-se qual a causa dos descendentes de europeus, ou orientais, não são vistos embaixo das pontes ou em favelas ou na mendicância ou varrendo o chão;

10. Espiche bem o pescoço na hora do Globo Rural e conte quantos fazendeiros são negros, depois tire a conclusão de quantos são sem-terra, quantos são sem-teto. No Globo Pequenas Empresas& Grandes Negócios, quantos empresários são negros?

11. Nas programações das Tvs abertas, acessível à maioria da população, gire o pescoço nas programações e conte quantos apresentadores, jornalistas ou âncoras de jornal, artistas em estado de estrelato, são negros. Onde as crianças negras se veem representadas?

Mais sugestões enviadas:

1. Enfiar o pescoço dentro das instituições bancárias e contar quantos negros são gerentes, quantos são caixas e quantos são faxineiros. (Margot Jung)

2. Nunca tive professores negros. Nunca fui consultada por médicos negros. Em contas bancárias, nunca tive gerentes negros. E muitos ainda insistem em dizer que em nosso país todos têm os mesmos direitos e oportunidades. Onde estão? (Priscila Gomes)

Aplique o Teste do Pescoço em todos os lugares e depois tire sua própria conclusão. Questione-se se de fato somos um país pluricultural, uma Democracia Racial e se somos tratados iguais perante a lei?!

* Você descobriu mais alguma coisa? Envie-nos para acrescentarmos a esta lista.

* * Este teste me foi ensinado pelo amigo Francisco Antero, e tenho adaptado no meu dia a dia. Foi assim que eu comecei a perceber todas as desigualdades existentes no meu país e mudei a minha opinião à respeito das Cotas Raciais para Negros e Índios.

Créditos: Página História Preta – Fatos & Fotos.

Exibições: 1757

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Inaiá Boa Morte Santos em 25 agosto 2013 às 10:20

Faço das palavras do colega Jorge as minhas 

Comentário de jorge amancio em 30 julho 2013 às 23:57

Por que não usar a rede para a mobilização.

Por todo o país, um bom teste para uma mobilização da negritude brasileira.

 

Comentário de Eduardo César KISOKA em 30 julho 2013 às 14:13

Concordo com meu Irmão Adelson

Comentário de Adelson Silva de Brito em 30 julho 2013 às 9:49

Caros Eduardo, Jorge, Todos

Proponho que essa posição com repeito a enfatizar a importancia do cumprimento da lei10.639,seja colocada junto ao Dr. Silvio Humberto com vistas a realização de um "Ato Público pela Implementação Imediata da Lei 10.639/2003" na Camara Municipal". A minha visão inclui a participação de outras pessoas ligadas a questão sendo que o nome que me passa agora pela mente é o nome do Dr. Samule Vida, para integrar uma possível lista de palestrantes a se pronunciar sobre a questão.

Abraços gerais. 

Comentário de Inez OLudé G-Kaiowá em 30 julho 2013 às 9:37

sobre o joaquim barbosa,ha ha ha, parece que ja mostrou as unhas,né? nao existe santo em politica, gente, ao contrario, o ser humano se deixa corromper com muita facilidade, poucos sao so que resistem ao poder, ao dinheiro, à notoriedade, pouquissimos

Comentário de Inez OLudé G-Kaiowá em 30 julho 2013 às 9:34

nao impede ser presidente dos estados unidos e acahr que é um crime assassinar uma criança, ainda bem que ele pensa assim, nao estou me referindo ao ser humano barack obama,que felicito inclusive por ter chegado onde chegou, estou aqui falando de governança, de politica internacional americana, quais sao as diferenças de Obama com outros presidentes americanos? pergunte aos irakianos, aos afgaos, aos libianos, etc assassinar é um espetaculo para os americanos,tood presidente americano ao empossar o poder tem que declarar uma guerra a algum pais ou matar alguem famoso, inclusive virou enterntainement show pela televisao, vide o antigo amiguinho deles ben laden. Nao que eu esteja de acordo com o terrorismo de ben laden ou de outro, mas também sou cotnra o terrorismo de estado que os americanos praticam no mundo, por exemplo eu vivi no chile na epoca de allende, bombardearam a sede do governo assassinaram allende e ficou por isso mesmo, nao vejo mudou. Por que os negros nao sao candidatam no Brasil? por que? o que os impedem? acham que nao vortariam neles?os negros sao 51% no Brasil, por que eles nao tentam a chance? saibam que quem votou no obama nao foi a sociedade americana, là o voto é complicado, foram os mexicanos, os porto riquenhos, os latinos, a comundiade negra, alguns brancos claro,  e sobretudo wall estreet que queria ele là.  limpar o nome , com a crise, queriam como sempre que a africa pagasse com materia prima como sempre. entao um afro descendente na casa branca é um tiro na mosca. Esepro somente que ele nao va aproveitar a dexa pra ajudar a direita brasileira e dar golpe de estado na dilma, porque os rumores sao estes. Olha em politica nao existe sentimentalismo, sao fatos e atos que contam. m politico que governa bem pouco importa a cor que tem

Comentário de Inez OLudé G-Kaiowá em 30 julho 2013 às 9:14

barack é negro mas wall street é branca, esse é o recheio do chocolate

quem manda é wall street,

Comentário de jorge amancio em 29 julho 2013 às 16:06

 

Adelson Silva de Brito eu o  congratulo e abraço a ideia.

 Uma mobilização nacional.

Pelo cumprimento da lei 1069 a ideia já existe necessitamos de AÇÃO  

COR AÇÃO pelo cumprimento da lei 1069  Mobilização já      

Comentário de Adelson Silva de Brito em 29 julho 2013 às 15:25

Meu Irmão Eduardo,

Fico feliz em perceber que felizmente não estou só, ao ver a sua postura diante da nossa questão comum.Desejo-lhe que a serenidade e reflexão oportuna que tem demonstrado sejam parâmetros constantes da sua atuação.

Quero aqui pegar o gancho levantado pelo Jorge Amancio e lançar a ideia de uma mobilização da comunidade afrodescendente pelo cumprimento da lei 10.639.

A você, Eduardo, meu respeitoso abraço

Comentário de Eduardo César KISOKA em 29 julho 2013 às 14:34

Caro Adelson, obrigado por ser aquele obreiro dedicado da nossa luta.

Eduardo

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço