Festival sobre o Teatro Negro acontece em novembro no Vila Velha


Arte, cultura, teatro e diversidade são alguns dos elementos presentes na II edição do Festival A Cena Ta Preta, que acontece no mês de novembro, no teatro Vila Velha. Organizado pelo Bando de Teatro Olodum, em parceria com o Coletivo de Produtores Culturais do Subúrbio. O Festival tem como intuito, dar mais visibilidade à cultura afro, em comemoração ao mês da consciência negra. A Cena Ta Preta começa no dia 4 de novembro e se estende por todo mês. As atividades terão preços que variam do gratuito a R$ 20,00 e R$ 10,00 e acontecerão pela manhã, tarde e noite.

Realizado a primeira vez em 2003, o A Cena Ta Preta, nesta edição, celebra os 20 anos de existência do Bando e divulga a temática negra em âmbito local, nacional e internacional, focadas nas experiências inspiradas em raízes afro-descendentes. Além disto, esta II edição promove a troca de experiências entre grupos de teatros, sobre produção e criação dos espetáculos e abre espaço para mostras áudio-visuais, teatrais e da literatura negra. O evento também contará com oficinas, debates entre os artistas, público e convidados, cujo resultado é a reflexão sobre essa produção. Atriz, diretora e produtora do Bando, Chica Carelli resume em palavras a importância deste evento para a dramaturgia e a estética negra contemporânea. “São dois aspectos importantes que destaco deste Festival, a integração entre artistas negros locais, nacionais e internacionais e a oportunidade de propiciar discussões e amostras à população sobre a cultura negra. Devemos à Bahia um Festival de arte negra, e de fato é missão do Bando de Teatro Olodum realizá-lo”, ressalta.

O Festival A Cena Ta Preta contará com a participação dos principais grupos teatrais negros de Salvador, como o Bando de Teatro Olodum, com o seu mais novo espetáculo “Bença!”; a Cia Teatral Abdias do Nascimento, com o Dia 14; a Cia Gente de Teatro da Bahia e a peça As Feministas de Muzenza- Uma comédia afra – baiana; Companhia Nata de Teatro e o espetáculo Ogum “Deus e Homem” e a Arte Sintonia Companhia de Teatro com o espetáculo “Se Acaso Você Chegasse”.

A Cena Ta Preta terá a participação de artistas que colocam em diálogo, diferentes realidades, pensamentos, experiências de produção, criação e dramaturgias. Desta forma contribuirá para a criação de novos caminhos, novas redes, novas soluções, além de ser também um mecanismo para o fortalecimento do artista negro na luta pela afirmação da sua arte e conquistas de novos espaços. A Cena Ta Preta foi contemplado no Premio Funarte Festivais de Artes Cênicas 2010 e no edital Novembro Negro da Secretaria de Promoção da Igualdade – SEPROMI.

Saiba mais sobre as atrações do Festival A Cena Tá Preta em:

Exibições: 308

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de FABIO HENRIQUE em 30 outubro 2010 às 23:26
PARABENS BANDO DE TEATRO OLODUM !!! Espero que o segundo festival A CENA TA PRETA seja um sucesso e que atraves de todo esse trabalho, tanto das oficinas quanto de divulgação da temática negra , vcs revelem muitos outros artistas .

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço