Homenagens ao Professor Milton Santos Pelos 10 Anos de Sua Passagem

 

Milton Santos (1926 - 2001 )

O Prof. Dr. Milton Santos nasceu em Brotas de Macaúbas, no interior da Bahia, no dia 03 de Maio de 1926 e morreu em São Paulo, capital, no dia 24 de Junho de 2001, aos 75 anos, vítima de câncer. Reconhecido como um dos mais ilustres brasileiros do século XX, dono de ideias progressistas, trabalhou como professor e cientista social. Preso pelo regime militar de 1964, exilou -se na França, onde fez Doutorado na Universidade de Estrasburgo e lecionou Geografia Humana na Universidade Sorbonne. O Geógrafo e livre pensador brasileiro, homem amoroso, afável, discreto e combativo, dizia que a maior coragem, nos dias atuais, é pensar.

Milton Santos formou-se em Direito no ano de 1948, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e, em 1958 regressou da Universidade de Estrasburgo, na França, com o Doutorado em Geografia. Foi Professor em Ilhéus e Salvador, autor de livros que surpreenderam os geógrafos brasileiros e de todo o mundo pela originalidade e audácia, entre os quais citamos: "O Povoamento da Bahia" (48), "O Futuro da Geografia" (53), "Zona do Cacau" (55), "Por Uma Outra Globalização", "Território e Sociedade no Século XXI" (Editora Record). Foi co-autor de dezenas de outros e publicou diversos artigos, tendo sido articulista e editor de jornais brasileiros importantes, como Folha de S. Paulo, Correio Braziliense e Jornal A Tarde, onde trabalhou, bem como na Comissão de Planejamento Econômico-BA, precursora da Sudene. Foi preso em 1964, pelo Golpe Militar e exilou-se na França. Entre 1964 a 1977 ensinou em diversos países, como França, Estados Unidos, Canadá, Peru, Venezuela, Tânzania. Foi membro da Comissão Justiça e Paz de São Paulo e Professor Doutor Honoris Causa em vários países.
Único brasileiro a receber um Prêmio que equivale ao Nobel - o Vautrin Lud, considerado o Nobel da Geografia. "Instituído pelo Festival Internacional de Geografia em Saint Dié-des-Vosges, é conferido por um júri de cinco especialistas (em geral cinco membros do Gymnase Vosgien), que todos os anos premiam uma personalidade eminente no campo da geografia e considerado a maior distinção neste campo científico, para o qual não existe o Prêmio Nobel, tendo sido cedido pela primeira vez em 1991" (wikipédia).  Dedicou toda a sua obra ao entendimento das desigualdades entre os homens e as sociedades ao redor do mundo. Suas teses transbordaram o âmbito da Geografia para se estender por outros domínios e usos quando, no início dos anos 90, a partir da Europa (França), se organizou um movimento para se contrapor ao financismo global – que marcou a nova fase do Capitalismo a partir dos anos 1970, denominada “Globalização”.
Milton Santos que se destaca como um dos mais importantes pensadores políticos e sociais do país, será homanageado no país inteiro. O Programa televisivo Conexão Roberto D’ Avila deste domingo (26/06), às 20h irá homenageá-lo. O Congresso Nacional em Sessão Especial no dia 28 de junho, às 10h, no Plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). A mesa da sessão deve reunir o governador da Bahia, Jaques Wagner, a Ministra Luiza Bairros, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, o Ministro Fernando Haddad, da Educação, o Presidente da Fundação Palmares, Elói Ferreira de Araújo, Ministro Antonio Patriota, das Relações Exteriores, os Reitores das Universidades de Brasília (UNB), do Recôncavo (UFRB) e da Bahia (UFBA).
Representações diplomáticas dos países onde Milton Santos atuou como Professor, pesquisador e consultor, no período de 1964 a 1978, também marcarão presença na sessão solene, incluindo a França, Portugal, Espanha, Tanzânia, Guiné Bissau, Senegal, Costa do Marfim, Mali, Nigéria, África do Sul, Japão, Venezuela, Costa Rica, México, Canadá e Estados Unidos. O trabalho de Milton Santos serviu de inspiração para o que veio a se constituir em Fórum Social Mundial. O geógrafo baiano foi convidado a se associar ao fórum como fundador.
Nota: Fórum Social Mundial (FSM) é um evento altermundialista organizado por movimentos sociais de diversos continentes, com objetivo de elaborar alternativas para uma transformação social global. Seu slogan é: Um outro mundo é possível (wikipédia). 

Texto organizado por Claudia Martins


  Clique aqui e    Acesse o nosso blog

 

Exibições: 750

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço