Inscrição para certificação do Selo da Diversidade em Salvador


Estão abertas as inscrições para a terceira edição de certificação do Selo da Diversidade. As empresas interessadas em assumir o compromisso de empregar o maior número possível de negros e promover consequentemente ações que possibilitem a ascensão da mão de obra negra no mercado de trabalho tem até 20 de abril de 2011 para realizar a inscrição gratuitamente.

 

Para isso, basta apresentar documentos exigidos no Edital do Selo da Diversidade Étnico-Racial disponibilizado na Secretaria Municipal da Reparação (Semur) localizada, em Salvador, na Rua do Tesouro, S/N, Edfº Nossa Senhora da Ajuda, 6º andar, na Coordenação de Articulação e Projetos Especiais do Selo da Diversidade (Caped).

 

A outra opção é imprimir o formulário de inscrição que está disponível também no endereço eletrônico www.reparacao.salvador.ba.gov.brwww.blogdadiversidade.salvador.ba.gov.br, após o preenchimento do documento devidamente assinado, o próximo passo é entregar na Semur no endereço acima citado, ou se preferir, enviar através do Correio ou malote, ou até mesmo para o endereço virtual:selodadiversidade@gmail.com (digitalizado ou com assinaturaeletrônica).

 

Para melhor esclarecimento das organizações públicas e da sociedade civil interessadas em receber a certificação do Selo, será lançado este ano, o Manual de Orientação do Selo da Diversidade que pretende orientar os empresários no preenchimento do edital e na escolha das ações que forem desempenhadas durante o ano. No mesmo manual, serão apresentados os indicadores de avaliação adotados pelo Comitê Gestor, grupo responsável por avaliar as ações das empresas.

 

O que é o Selo da Diversidade Étnico-Racial

O Selo da Diversidade Étnico-Racial é uma política pública que tem o objetivo de inserir negros e negras no mercado de trabalho. Os empresários que aderirem ao Selo assumem o compromisso de elaborar um censo étnico-racial, além de criar propostas de alteração da realidade de sub-representação de afrodescendentes em seus diversos níveis hierárquicos.

As ações antes de serem implementadas, passam pelo crivo de um Comitê Gestor composto de organizações representativas do segmento governamental, empresariale da sociedade civil. A validade do Selo é de um ano e durante este período a empresa terá de cumprir o plano de trabalho ao qual se comprometeu no momento da adesão.

Nesse plano devem constar compromissos como promover a valorização e ascensão do negro dentro da empresa, além de oferecer cursos de capacitação aos funcionários. “O Selo é uma política de promoção de grupos humanos que sofreram e sofrem discriminações. Esta é uma maneira de incluir negros e negras no mercado de trabalho, dar maior visibilidade a nossa mão-de-obra para a qual sempre é reservada as funções de menor prestígio”, enfatiza o secretário da Reparação Ailton Ferreira.



ASCOM/SEMUR

Exibições: 45

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2020   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço