Instrumentista Mario Ulloa ganha Título de Cidadão de Salvador

Nascido na Costa Rica, Ulloa recebe homenagem da vereadora Olívia Santana A vereadora Olívia Santana, através da Câmara Municipal da Cidade do Salvador (CMS), realiza solenidade de outorga do Título de Cidadão Soteropolitano ao violonista costa-riquenho Mario Enrique Ulloa Peñaranda. O evento, aberto ao público, acontece na próxima quarta-feira (14), às 19h, no Plenário Cosme de Farias - Câmara de Vereadores . Residindo há mais de vinte anos na Bahia, o homenageado é doutor em Música, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e dono de uma técnica rebuscada de minucioso trabalho musical, que mistura elementos da música brasileira, clássica e popular, sempre exaltando a riqueza cultural e artística do Brasil. O instrumentista ganha destaque pela inserção da obra do compositor Leonardo Boccia, denominada ''Cinco Prelúdio Negros". O trabalho, que tem uma linguagem afro-brasileira, foi composto especialmente para o ano do centenário da libertação da escravidão. Consciente e profissional, o produto tornou-se significativo por utilizar, também, recursos percussivos para referenciar os valores culturais dos negros brasileiros.
Além da vereadora Olívia Santana, que é ouvidora-geral da CMS, foram comporão a mesa da sessão o secretário de Turismo, Domingos Leonelli, o secretário deCultura, Albino Rubim, a reitora da UFBA, Dora Leal, o ex-reitor da UFBA, Naomar Monteiro, o diretor de Música da UFBA, Heinz Novaes Schwebel, o músico, guitarrista, cantor e compositor baiano Armandinho Macedo, além dos amigos pessoais, Hebert Pereira e Genaldo Novaes.
Saiba mais sobre o homenageado
Natural da Costa Rica e de uma família com extensa tradição musical, Ulloa tem um currículo impecável. O dom e a dedicação pela arte afloraram aos quatro anos de idade, momento em que começou a tocar violão. Estudou aproximadamente seis anos no Conservatório de Castella. Posteriormente, ingressou na Escuela de Artes Musicales de la Universidad, em San José, formando-se em 1985, sob a tutoria do professor Luis Zumbado. Com bolsas de estudos, continuou a trajetória profissional no Musikhochschule Köln, Alemanha, obtendo em 1990, sob a tutoria do maestro Eliot Fisk, o mais alto diploma dessa instituição: Konzertexamen (Diploma de Concertista). Na referida Escola, realizou estudos de música barroca com o professor Konrad Junghännel. Ainda com o mestre Fisk, estudou no Mozarteum, Salzburgo, Áustria.
Durante quatro anos, cursou o programa de pós-graduação na Escola de Música da Universidade Federal da Bahia e obteve, em 2001, seu Diploma de Doutor em Música, sob a orientação do Professor. Dr. Joel Barbosa e co-orientação do Prof. Dr. Jamary Oliveira.
Mario Ulloa mostra competência como arranjador, por exemplo, ao empregar a harmonia e contraponto, refazendo as seguintes obras para o violão: Morena do Mar, de Dorival Caymmi, Sempre Viva, de Almino Oliveira e Flora, de Gilberto Gil. Com diversas apresentações em países da Europa, América do Norte, América do Sul e nas principais capitais brasileiras, atualmente é professor de violão na Escola de Música da Universidade Federal da Bahia, nos cursos de Graduação e Pós-Graduação.

 Em Julho de 2007 recebeu da Prefeitura Municipal de Salvador a Medalha 2 de Julho: "instituída por decreto municipal em 1968, a insígnia honorífica é concedida a pessoas que se destacam por méritos excepcionais ou por serviços relevantes prestados à cidade de Salvador". 


Prêmios:
- Prêmio de Melhor Intérprete de Agustín Barrios, no Paraguai (1994)
- 5º Prêmio (Prêmio Printemps de la Guitare), na Bélgica (1997)

Exibições: 651

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2020   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço