Jovem queniana, criadora de tecnologia, deixa a Google para juntar-se a fundo de investimento global

Aos 36 anos a queniana Ory Okolloh criou um software utilizado em todo o mundo e cirou a estratégia do Google para a África subsaariana. A jovem continua sua aventura no mundo da Internet agora juntando-se a fundação Omidyar Network.

Redação, Correio Nagô - Em Dar es Salaam, Tanzânia, o ex-presidente dos EUA, George W. Bush e sua esposa encontra-se com várias esposas de chefes de Estado no continente. Michelle Obama, primeira-dama dos Estados Unidos troca opiniões e análises sobre o papel das mulheres na África. Neste espaço de auto-segregação presidencial e diplomático, uma das apresentadores entra em conflito visual com outros por seu estilo casual e cabelos volumosos. No palco, Ory Okolloh cativa seu público. Ela é fluente em falar sobre o "poder e o impacto da Internet " e também fala sobre  "as novas tecnologias que promovem a meritocracia."

Ela  é a prova. Com sua militância, seus estudos brilhantes na Harvard Law School e seu domínio dos meandros da internet, a queniana é vista, aos 36 anos, como uma das mulheres mais influentes do continente. Há poucos anos, a jovem comandava a estratégia do Google para o continente africano, antes disso criou o Ushahid, aplicativo de mapeamento e gestão de crises humanitárias. Morando em Joanesburgo, ela se juntou recentemente à fundação americana Omidyar Network estabelecida por Pierre Omidyar (o criador do site de leilões online eBay), e já investiu mais de 17 milhões de dólares (13 milhões de euros) na África desde 2008. 

Como chefe de investimento no continente, Ory Okolloh é responsável pela identificação de iniciativas para melhorar a transparência do governo - graças às novas tecnologias, considerada pela Rede Omidyar como uma ferramenta para o desenvolvimento e crescimento. Entre diplomacia privada, desenvolvimento e negócios, ele encarna a "nova África " inovadora, comprometida, ultraconnectada e globalizada.

Assista a palestra de Ory Okolloh no Tedx (é possível mudar o idioma para português)

http://www.ted.com/talks/ory_okolloh_on_becoming_an_activist.html

Com informações de Jeune Afirque 

Exibições: 255

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço