John Brown nasceu em 1800 numa familia com fortes conviccoes religiosas. Esta conviccao o ajudou a pensar que a escravidao era nada mais do que um grande pecado. A familia Brown mudou-se de Connecticut para Ohio em 1805, e o jovem Brown trabalhou com seu pai que era dono de uma casa de curtume e tambem supria carne para o Exercito. Apesar de ter ido para o seminario por algum tempo, ele retornou para casa aos 19 anos com sua educacao incompleta. O senhor Brown foi casado duas vezes. Primeiro com Dianthe Lusk em 1820, e depois de sua morte com Mary Ann Day em 1833. Ao todo ele teve 20 filhos. Sua propria casa de curtume e varios outros empreendimentos, entre eles a agricultura, fracassaram enquanto ele estava fazendo o possivel para alimentar a familia que aumentava.

O senhor Brown estava determinado em acabar com a escravidao, mesmo que para isto fosse obrigado a usa metodos violentos se fosse necessario. Ele decidiu dedicar-se a esta importante causa depois que uma turma em favor da escravidao assassinou o editor Elijah P. Lovejoy em 1839. Nesta luta, o senhor Brown encontrou e trabalhou com os principais lideres abolicionista na epoca. Entre eles estavam o ex escravo Frederick Douglas(amigo pessoal do presidente Lincoln), Martin R. Delany, Gerrit Simith e Harriet Tubman, esta ultima teve um papel fundamental na libertacao de centenas de escravos atraves do "Railroad Underground". Diferentemente de outros abolicionistas brancos, o senhor Brown acreditava que os escravos deveriam ter uma participacao ativa na luta pela sua libertacao, e a sociedade norte americana deveria ser totalmente integrada.

John Brown entrou para os livros de historia aqui nos EUA por causa de seu ato de coragem em que ele juntamente com um grupo de 21 pessoas(15 brancos e 6 negros) perpetraram em Virgina(Sul) ha 150 anos. No dia 16 de Outubro de 1859, ele juntamente com seus seguidores atacaram o arsenal federal de "Harpers Ferry". Este ataque fazia parte de um grande plano para tentar destruir o abominavel sistema da escravidao, libertando e tambem armando os escravos nos Estados da Georgia, Carolina do Norte, Carolina do Sul e Virginia. Estes estados defendiam nao so sua autonomia perante o governo federal, como tambem o direito de possuirem escravos. Os invasores foram capturados pelo Exercito liderado por Robert E. Lee, futuro general na guerra da sessecao pelos estados confederados. O senhor Brown que perdeu um filho durante o a luta foi enforcado no dia 2.12.1859.

Isto e muito mais eu aprendi recentemente vendo a excelente exibicao "John Brown: The Abolicionist and his Legacy". Para muita gente o senhor Brown nao passou de um terrorista matando inocentes na sua luta pelo fim da escravidao. Entretanto, apos ficar varias horas vendo esta exibicao e tentando colocar-me em seu lugar numa atmofera completamente hostil a qualquer ideia de igualdade entre negros e brancos, deixei o museu " New York Historical Society" com a ideia de que o senhor Brow estava mais para heroi do que terrorista. Seu ato certamente ajudou os negros a ganharem sua emancipacao, sua cidadania e tambem o direito de votar. Com seu ato de coragem 150 anos atras, jamais passaria pela cabeca do senhor Brown que um dia a igualdade entre negros e brancos seria nao so alcancada depois de muita luta sangrenta e mortes, como o pais iria eleger tambem um presidente negro. Sua morte certamente nao foi em vao.

Exibições: 103

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço