Companheiros,

Sei que não saber o que se passa na Globo é inevitável, essa emissora domina a sociedade ainda hoje com todos seus preconceitos, e um desses é o racial. As novelas do Manoel Carlos são famosas por conter quadros que retratam temas atuais como homossexualismo, doenças, vícios e também pelas suas Helenas.

Essa é a semana da consciência negra e para nossa surpresa a Globo apresentou uma cena de extremo preconceito racial. A Helena da novela “Viver a Vida” se humilha ao pedindo perdão de joelhos por um acidente ao qual não teve culpa e para completar a mulher branca lhe da um tapa na cara. Para quem viu certamente percebeu uma relação com o passado, ou não (como diria Caetano). A mulher negra aos pés da sua senhora tomando o tapa? Será exagero meu? Ou será que vocês não querem ver o obvio? Infelizmente ainda vivemos cercados de preconceito.

Para completar a minha semana eis que no jornal desta quarta pela manhã vi uma cena chocante. Uma festa em Lauro de Freitas sendo atacada por policiais sem motivos aparente. As pessoas estão dançando na rua, como em um carnaval e são atacadas por policiais que chegam batendo. A cena mais pesada é quando os policias em fila passam ao lado de um jovem que está segurando a corda do trio, este jovem está de costas para os policiais que estão passando ao lado dele, quando é empurrado por um deles, ao olhar para trás recebe um murro no estomago e eu seguida um soco de cheio no rosto, o jovem não reagiu em momento algum, ele só vez se virar. Após o murro cai desacordado no chão e os policiais que estão no final da fila que passa ao seu lado não lhe dão socorro algum.

Bem companheiros, percebam que ainda hoje vivemos na senzala, a diferença é que a casa grande ficou maior ainda e se chama sociedade e a senzala são as prisões. Ser negro e pobre é ter que apanhar sem motivo e se submeter a humilhações? Apanhamos, somos linchados moralmente, somos maltratados... enfim... é uma pena que muitos não queiram ver esse preconceito berrante e cruzam os braços achando que é coisa da cabeça dos negros, talvez eles pensem que seja um preconceito ao avesso, mas não é, o que o negro tem não é preconceito e sim, resistência cultural.

Uma observação é que os policiais que batem muitas vezes são negros, porém, eles fazem o papel do capitão do mato e ignoram toda sua cultura étnica.

Estamos no mês da consciência negra, ontem assisti a uma palestra com a Contadora de Estórias – EBOMI Cici, uma simpatia de mulher e percebi ainda mais a importância de sermos um povo livre e poder cultuar a nossa cultura étnica, conhecer nossa história. A beleza de ser negro está em se assumir e preservar nossa cultura. Que nos juntemos como fizeram os malês para conseguir uma revolução, quem sabe dessa vez tenhamos sucesso.

"O QUE ME PREOCUPA NÃO É O GRITO DOS MAUS. É SIM O SILÊNCIO DOS BONS"... Martin Luther King

Atenciosamente,
Roberta Couto, estudante de licenciatura em História

Exibições: 132

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de quilombonnq em 8 fevereiro 2012 às 6:15
Comentário de theodorico barbosa magalhaes em 26 maio 2010 às 9:14
Roberta é um enorme prazer conhecer vc. Sim é verdade que esta bosta de preconceito racial existe e se enrraiza cada vez mais entre ignorantes. Mas não vamos sair do lugar se ficarmos aqui fomentando, alimentando com mais preconceito. Temos que avivar a unica e pura realidade, A nossa raça é Humana, nossa nacionalidade é Brasileira, E não devemos resaltar os olhos puxados ou os longos cachos, nem as alvas peles. Temos que buscar o cumprimento das leis que já existem. Que vergonhosamente são descumpridas e levam ao discredito e a uma bagunça social. Então ao invés de tentarmos criar novas maneiras, devemos lutar pelo que já temos e apartir dai buscarmos o crescimento da nossa Nação. Ser NEGRO é lindo, Ser BRSILEIRO é MAIS. Um beijão, e vamos a luta.
Comentário de reinaldo sares santana em 24 abril 2010 às 22:22
Minha irmã ,como sou um negro e faço parte da religião de etinicas africana concordo totalmente com vc.Seu depoimento e totalmente real vamos lutar para que nos possa-mos nus unir para que os irmão(as)acordem e tire as vendas dos olhos,vejam a verdade do jeito que ela é, todos eles criticam-nos mais na verdade eles não vivem sem nossa rica cultura sabe por que , desde que eu iniciei na minha vida religiosa eu só vejo todos eles com precomceito enriquecendo sem nos dar valor , mais e por isso que nos enriquecemos cada vez mais por que temos á luz ,á força, caminhos de olodu maré em nossos caminhos , por isso que nos vencemos sempre esses preconceitos banais e eles não consegue nos derrubar por causa da nossa humildade perante quem foram nossas raizes e ancestraris . Desde já agradeço atenção, obrigado!
Comentário de Fafá M. Araújo em 28 novembro 2009 às 13:27
Robertinha, adorei seu texto. Suas idéias são muito pertinentes. Só acrescento outro dado à cena de Helena. O pensamento racial da Globo vai muito além dos tapas e insultos oferecidas por Teresa (Lilian Cabral), o motivo pela qual acontece todas barbaridades é pelo fato de Helena em algum momento de sua vida ter feito um aborto.

Perceba que em nenhum momento o autor apresenta o fato aos espectadores. A globo sustenta o fato de culpabilizar todas as mulheres negras que algum momento tiveram que fazer um aborto independente do motivo.

Pela liberdade de expressões eles continuam nos atacar, a nos desrespeitar, a nos criminalizar por pedirmos respeito.

A GLOBO É UMA VERGONHA PARA A IMPRENSA NACIONAL

Seu texto está lindo

Bjos

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço