Em 1823, Maria Felipa, UMA MULHER NEGRA, liderando 40 mulheres conhecidas como as vedetas (vigias) da praia, na luta pela independência da Bahia, entrou no acampamento do exército
português e atacou os soldados com galhos de cansanção e depois ateou
fogo às embarcações, promovendo inúmeras baixas ao exército lusitano.

Juntamente com outras personagens como Zeferina e Luiza Mahim, Maria Felipa lutou e resistiu às barreiras do preconceito e discriminação racial,
participando ativamente da construção da história da Bahia e do Brasil. Infelizmente, estas heroínas negras não constam nas páginas dos livros de história do Brasil.
Por isso, abro espaço no meu blog para divulgar e enaltecer uma justa e
nobre iniciativa que visa preservar o legado ancestral da mulher negra
através do prêmio: "MULHER GUERREIRA MARIA FELIPA".

Esta honraria é concedida pela Câmara Municipal de Salvador e, no ano em curso, tem como foco as QUITUTEIRAS do município, pois elas são legítimas representantes da preservação do legado ancestral das mulheres negras contemporâneas para o
desenvolvimento social, político, econômico e cultural da cidade de
Salvador, onde ainda existe discriminação, opressão e violência às suas
mulheres, principalmente às negras.

Aproveito o ensejo para solicitar aos meus distintos amigos e amigas da "boa terra do coco" que participem da votação para escolherem as mulheres
negras que serão agraciadas este ano com o trófeu "MARIA FELIPA" concedido pela Câmara Municipal da Cidade de Salvador.

ACESSE E VOTE:

http://premiomariafelipa.wordpress.com


www.capitaomarinho.blogspot.com
capitaomarinho@gmail.com
ORKUT: Capitão Marinho





Exibições: 231

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço