Militantes reforçam estratégias de segurança coletiva

Na última sexta-feira (16), em meio ao luto, mas em luta, militantes do Movimento Negro se reuniram em Salvador (BA), no Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO_UFBA) para discutir estratégias de segurança coletiva. Estiveram presentes representações de organizações de vários estados, entre elas o Projeto Redes de Desenvolvimento da Maré e o Observatório de Favelas.

A execução da vereadora do PSol, Marielle Franco, foi um susto para todos que pensaram que ao adentrar o patamar político Marielle sairia do campo de visão da estatística e estaria do lado de quem pode proteger.“A morte dela faz a gente perceber – e a forma como o partido dela não fez questão de protegê-la – o que é o racismo. Não foi uma perda da esquerda, quem perdeu foram as mulheres negras”, pontua Alane Reis do Instituto Odara.

Leia mais!

Exibições: 147

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2018   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço