Morre queniana Wangari Maathai, Prêmio Nobel da Paz em 2004

A ambientalista queniana Wangari Maathai, Prêmio Nobel da Paz em 2004, morreu neste domingo (25), anunciou nesta segunda-feira (26) o Movimento Cinturão Verde, que ela fundou há mais de 30 anos.

 

“Com imensa tristeza, a família de Wangari Maathai anuncia seu falecimento, ocorrido em 25 de setembro de 2011, depois de uma grande e valente luta contra o câncer”, anuncia a organização em sua página na internet.

 

Segundo as agências internacionais de notícias, Wangari Maathai, de 71 anos, morreu num hospital em Nairobi.

Maathai fez campanha pelos direitos humanos e capacitação das pessoas mais pobres da África. Em 2004, ela recebeu o Prêmio Nobel da Paz por seus esforços para promover o desenvolvimento sustentável, democracia e paz. Foi a primeira mulher africana a levar o prêmio.

 

Bióloga, mãe de três filhos, Wangari Maathai foi presa e ameaçada de morte por lutar pela democracia no Quênia. Nas primeiras eleições livres de seu país, foi eleita para o Parlamento e tornou-se ministra assistente do Meio Ambiente.

(*) G1, com informações das agências de notícias France Presse e Reuters

Exibições: 604

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Inaiá Boa Morte Santos em 28 setembro 2011 às 16:53
Grande perca, que ilumine seu espírito
Comentário de Keila Souza da Costa em 27 setembro 2011 às 19:04
Nossos ideais e realizações nunca morrem!!

Descanse em paz!

Comentário de Walter Rui Pinheiro em 26 setembro 2011 às 18:30
Que Olorum dedique a esse Egún, o descanso, o desenvolvimento e a permissão de voltar em outros momentos e como Egúm ser festejado e referenciado por aqueles que ainda estiverem aqui. Zamby Nakuatesa.
Comentário de Agnaldo dos Santos Reis em 26 setembro 2011 às 18:29

Parabéns!

Muito Bom estes Esclarecimentos, Pois Nos Deixa Antenados>

 

Parabéns Mesmo.

Meu Rey!

Comentário de Rubem Ariosto Teixeira Leite Fil em 26 setembro 2011 às 18:03

Que ela discance no Orún...............................

Comentário de Rita de Cassia de Carvalho em 26 setembro 2011 às 10:01
O exemplo de luta e força de uma mulher sempre ficam. A vida de uma grande mulher que lutou até o fim deve sempre ser considerada um exemplo. Que siga em PAZ!
Comentário de Instituto Mídia Étnica em 26 setembro 2011 às 9:42
Comentário de Everaldo veloso rezende em 26 setembro 2011 às 7:10

mais uma perda no fronte de batalha para a família as lembranças para os companheiros o legado e a luta continua asé para todos.

 

Comentário de José Cezário Miguel Aschar em 26 setembro 2011 às 4:34
São perdas que deixam imensa lacuna no mundo das pessoas de bem!

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço