Negros buscam maior participação no movimento "Ocupa EUA"

 

 

O ativista e mestre em artes visuais, Duane Deterville, é um dos afrodescendentes que lideram o movimento Ocupar Oakland na Califórnia, costa oeste dos Estados Unidos.  Duane, que dirige um centro de estudos panafricanos, Instituto Sankofa, falou com exclusividade com o CORREIO NAGÔ nessa noite de terça, 01 de novembro, sobre a importância da participação afro nessa articulação política.

O Movimento Ocupar começou em Nova Iorque inspirado pela chamada Primavera Árabe - que derrubou regimes no Egito, Líbia e Tunísia - e hoje está espalhado por várias cidades do país, tendo como resultado centenas de pessoas presas e um clima de agitação política que desde o movimento dos direitos civis, na década de 60, não se via no país.

 

Na entrevista, o ativista conta que amanhã, 02, haverá uma greve geral da cidade. A última do gênero foi em 1947. Oakland tem uma importância política significativa para a comunidade negra pois foi lá que começou o movimento dos Panteras Negras. O ativista espera também que a questão racial seja colocada na pauta do movimento.

 

Confira abaixo o comentário, via Skype, do ativista sobre a situação no país e uma convocação para o movimento negro brasileiro.


Exibições: 285

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 2 novembro 2011 às 1:12
Para saber mais sobre o movimento Ocupar Oakland - http://www.occupyoakland.org

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço