Negros são principal alvo da violência, aponta professor

A população negra é a principal vítima da violência urbana cometida no Brasil. Jovens negros e pardos do sexo masculino respondem por 64% dos homicídios registrados no País, enquanto os brancos representam 29,2% do total. Entre as mulheres, 54,2% das vítimas de assassinatos são negras e 39,4% são brancas. Os dados foram mostrados na reunião da CPI da Violência Urbana, nesta quinta-feira (12), pelo professor Marcelo Paixão, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
“Os dados que a CPI recolheu não podem servir apenas para entender a situação da violência urbana. Têm que servir para apresentarmos um novo modelo de segurança pública que seja capaz de evitar a violência que abate principalmente jovens negros”, disse o deputado Luiz Alberto (PT-BA), um dos autores do requerimento para a realização da audiência pública.

Ainda de acordo com o professor, os homicídios de homens negros correspondem a 11,6% do total de mortes ocorridas no Brasil. Os assassinatos de homens brancos, por sua vez, equivalem a 4,2% dos óbitos. A situação é mais grave entre os homens negros de 18 a 24 anos. O grupo responde por 52% do total de mortes registradas no País, ante os 32,5% verificados entre homens brancos da mesma faixa etária.

Ele destacou que a violência contra negros é ainda mais explícita quando se analisa a ação policial. Em 2007, a chamada “intervenção legal” matou 327 homens negros e 171 brancos.

No caso da ação policial contra os negros, a deputada Iriny Lopes (PT-ES), defendeu que a Câmara aprimore sua atuação contra a violência. “Não se trata apenas de discutir a situação das corporações e forças policiais, mas as questões históricas do País que 'naturalizam' determinados procedimentos. Precisamos contribuir para reduzir o número de mortes no Brasil”, afirmou.

http://www.vermelho .org.br/noticia. php?id_noticia= 119318&id_secao=1

Exibições: 22

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço