NOITE DE LITERATURA GERMANIANA NO CAMPO GRANDE

A UBESC – União Baiana de Escritores e a Editora Òmnira convidam para o lançamento da revista de Literatura Òmnira (32 páginas – R$ 12) em homenagem ao saudoso mestre, jornalista, professor, filosofo e escritor Germano Machado que será realizado no próximo dia 14 de junho (sexta-feira), às 18 horas, no Salão Nobre da Fundação João Fernandes da Cunha (Largo do Campo Grande – Centro in Salvador/Bahia-Brasil).
Na publicação textos e poesias de Alberto Peixoto (Feira de Santana/BA), Amanda Nascimento Pereira (Santa Catarina), Antonio Sanches (Portugal), Audelina Macieira, Carlos Yeshua, Conceição Ferreira, Darcy Brito, Elizeu Moreira Paranaguá, Emérita Andrade Ramos, Gabriel Maia (Belém), Iolanda Soares (Rodelas/BA), Ira Rodrigues (Santo Estevão/BA), Joaci Goes, João Bosco Soares Santos, João Vanderlei De Moraes Filho, Luiz Menezes De Miranda, Moustafa Assem (Cabo Verde/África), Neuza De Brito Carneiro(Feira de Santana/BA), Roberto Leal, Valdeck Almeida de Jesus e William Wollinger Brenuvida (Santa Catarina). Capa do artista plástico angolano Elias Jamba Sanjelembi.
E diante das suas últimas aulas no Curso de filosofia, realizado aos sábados na Faculdade 2 de Julho, que versavam sobre a África teremos o lançamento do livro "Letras Pretas Cruas & Nuas" - Poesias de Luta e Contos de Amor (Ed. Òmnira/BA-Brasil - 100 páginas R$ 25) do jornalista, escritor e editor Roberto Leal (um dos discípulos do professor Germano Machado) , obra literária ambientada na África, mais precisamente em Angola e Cabo Verde, traçando uma trajetória de luta dentro de uma poesia as vezes revolucionária e outras vezes patriótica e amável saudando a Mãe África, como não foi possível deixar de fora também os contos de amor vividos com a mulher africana, de caráter forte e de enredo afável e espetacularmente amada de várias formas e modelo dentro de uma linguagem vivida nos prazeres do Amor. 
O livro tem apresentação dupla do professor homenageado e do jornalista e escritor Valdeck Almeida de Jesus, orelhas do poeta angolano Ismael Farinha e capa do artista plástico cabo-verdiano Moustafa Assem. Essa obra literária é dedicada a poetisa e ativista cultural angolana Jovita Kifinamene Leal, representando assim todas as mulheres negras e africanas do universo. “Foi um prazer muito grande ter contato direto com a obra literária e filosófica desse mestre que foi o professor Germano Machado e que nos leva muito a refletir sobre o aprendizado filosófico e literário cepista brasileiro”, disse Jovita. Mais informações +55 71 98736-9778 WhatzApp.

Exibições: 4

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço