O FIASCO das CAMINHADAs na Bahia.Não quero criticar,quero. É aprender com quem faz bem.

Gente tô com vergonha de mim poderia ajudar mais . O fato é que nunca presenciei uma caminhada tão mixuruca.Olhem que essa e a de numero 32 então já tivemos tempo bastante para aprender.lembro as antigas passeatas revolucionárias do Olodum.Quando era comunidade é claro.

PRODUZIR UM EVENTO PRECISA DE COMPETÊNCIAS.

na minha opinião e de varios militantes esse era os comentários:Gente nosso 20 de novembro na Bahia tá uma lastima...

na minha visão foi o dia de certificação de falta de articulação dos movimentos negros organizados com a sociedade negra dessa cidade.Tanto a caminhada da liberdade pela manhã qto a do campo grande saida 16:42 precisamos mudar as formas.
As saidas foram fracas sem glamuor quem tava lá viu lentamente e sem publico,(apenas os mesmos militantes) tivemos 03 grandes trios.Todos com uma programação fraca para agradar os mesmos militantes de sempre tinha gente procurando a quem dar camisas.Isso é prova da falta de articulação antecipada com as comunidades. Lembro que antes não existia nenhum dinheiro porem tinhamos carro de som divulgando dentro das comunidades, nas fms, nos ensaios dos blocos (que saudade do tempo em que era uma kombi velha quase sem conseguir andar fumaçando por todos os lados as vezes era carregada por uma motidão mobilizada cantando e levando a caminhada)

Companheiros precisamos participar mais dos eventos culturais das nossas cidades.precisamos entender que música,danca,poesia,artes plasticas,teatro,cinema podem agregar valor em nossos eventos e fortalecer nossas lutas.

O movimento negro organizado precisa entender que ARTE TAMBEM É UMA FERRAMENTA DE ARTICULAÇÃO!
Precisamos ter em EVENTOS NEGROS artistas que tá no agrado da população,caso contrario VAMOS CONTINUAR OLHANDO SEMPRE PARA NOSSOS UMBIGOS.

Não tenho nada contra aos mesmos escolhidos de sempre, só penso que devemos abrir um pouco nossa VISÃO E DIVISÃO$$ HE,HE,HE...
Vamos aprender com os movimentos religiosos, mov.Gay,mov. Politicos partidários etc...eles levam multidões sempre!

Antes era falta de dinheiro. E agora é falta de visão e divisão$$$.
Precisamos entender que produzir evento precisa ter competências. E isso em nossa cidade tem de sobra.

Minha provocação:
Porque o pagode, o axé music, os crentes a universal do reino de Deus, os Gospel sabem COLOCAR mais de 50.000 .MIL PESSOAS em espaços apertados PARA VER e ouvir seus necessarios discursos?

Porque o de pagode ,PAGANDO mais de R$180,00 PELA CASADINHA da camisa colorida todumundo vai ?.

Porque não tivemos atrações como ex:Alvorada, Pisirico,Fora da mídia,Viola de doze, porque não convidamos,os artistas comoprometidos com nossa causa. temos muitos que toparia Vanderlee,Margarethe,Carlinhos Brau,Sandra de Sá Jão,Lazzo,Magary Lord entre outros.

Vamos olhar para os lados aprender .Nossa cidade é rica em produção.
AXÉ.
Atenciosamente,

Luis Bandeira
PRODUTOR CULTURAL
Cia Gente de Teatro da Bahia
Lazer – Cultura
Unidade Rio Vermelho
Tel: (71) 3616-7082/ 8738-9119
E-mail: artenaempresa@yahoo.com.br

Exibições: 34

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço