Por Cidinha da Silva


Foi em jogo do campeonato paulista
Que a jóia santista
Foi chamada de macaco
Porém, com  estima fortalecida
A jóia enquadrou o Fonseca
Técnico do Ituano
Autor do ato insano
O que foi que você disse?
Me chamou de macaco ou foi chiste?
Qualequeé tá me tirando?
Tá maluco moleque?
Retrucou o Fonseca
Você só quer aparecer
Cai-cai como folha seca
E agora faz adivinhação?
A jóia, até então convicta
De Paulo Estevão chamou a atenção
Estava  ligado na fita
Ali rolava discriminação
O 4º árbitro se fez de tonto
Surdo, camuflava a questão
Era briga de cachorro grande
Não queria  amolação
A jóia de cabeça fria
Também revê o que ouvira
À luz de velha instrução
Racismo é papo polêmico
Deixe quieto
Não pague mico
Isso é mídia negativa
Corrosiva
Explosiva
Traz vantagem nenhuma, não
Aplicada, inteligente
A jóia achou pertinente
Minimizar o problemão
Lembrou-se do jogo Brasil e Escócia
Da casca de banana
Atirada em sua direção
Do coração apertado
Da dor do craque humilhado
Tal qual macaco vira-lata
Em jogo contra o Bolívar
Na terra de Evo Morales
Bananas e objetos
Outra vez desferidos
O racismo abjeto
Mirava a ousadia do menino
Chamando-o  de macaco
Quebrava as pernas de Neymar
Que nos outros dias do ano
O racismo não quer enxergar
Mas o mundo é mesmo redondo
Aqui mora outro porém
Tudo vai e tudo vem
O Kong se virou contra o feiticeiro
O que dirá seu parceiro?
Alexandre Pires, tirado a bom mineiro?
Autores de brincadeira inócua
Que a nós feriu de morte
Golpe traiçoeiro, sem rebote
O caso é que a Cabocla sempre volta
Surge sem bater na porta
Um dia Kong no clipe
No outro
Macaco é a versão torta
Surpreendendo a toda gente
Que com a roda não se importa
A Cabocla é inclemente
O feitiço
Cedo ou tarde
Volta!

Exibições: 168

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Alê Maia em 3 fevereiro 2013 às 9:49

Texto bacana, Cidinha. Parabéns! Mas o Neymar é mais uma vítima do racismo incutido nos negros através de séculos da vangloriação de tudo que é branco: beleza, títulos, historia, representação na mídia e nos livros didáticos. Sem referencias positivas para os negros até os dias de hoje. O resultado são cidadãos claramente negros negando sua origem.

http://negrosnegrascristaos.ning.com/profiles/blogs/neymar-nao-perc...

A resposta de Neymar em uma entrevista em que foi perguntado se já havia sofrido racismo: "Nunca. Nem dentro e nem fora de campo. Até porque eu não sou preto, né?" ... Ainda há dúvidas se ele, ao dizer que não é preto, estava se referindo apenas à sua cor que não é tão escura. Ou se estava tentando negar que é “racialmente” negro, porque aí seria o cúmulo do absurdo.

Comentário de Nando em 2 fevereiro 2013 às 17:29

Antes do clipe do alexandre, neymar já havia sido vítima de racismo.

Comentário de Nando em 2 fevereiro 2013 às 17:27

 To cansado de ler essas coisas

do tipo

o cara leva um tombo ai o outro diz

"eu avisei pra não correr no piso molhado, bem feito"

Vamos ficar parados nisso?

Vai criticar o PT a Dilma

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2020   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço