Gana sai da Copa, mas deixa os africanos e afrodescendentes orgulhosos do seu desempenho. Merecedora da vitória, não só pelo esquema tático, mas pela vontade, gana em campo, o time africano saiu de cena sem levar consigo a sensação de derrota, pelo contrário, de cabeça erguida, pois representou o continente africano com raça, deixando a esperança de um resultado digno de sua atuação na próxima Copa do Mundo.


Foto: www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=211805


A vitória da equipe adversária, o Uruguai, representa não só o adeus da África à Copa do Mundo, abre espaço para a reavaliação do esporte, visto que o jogador Luis Suárez, de dentro da rede, colocou a mão na bola e evitou um gol de Gana no último segundo do jogo, impedindo a sua passagem para as semifinais. O debate sobre a validade do lance e a prudência em registrar o gol do time africano deveria ser inserido na agenda da FIFA. Já é hora também da Federação Internacional de Futebol Associado rever o seu julgamento em campo, utilizando-se de recursos tecnológicos para avaliar os lances, deixando o caráter subjetivo e, às vezes aparentemente parcial, dos árbitros de lado, para realizar uma análise, em tempo real, mais precisa.

Independente da seleção e julgamento dos árbitros, a torcida que acompanha de perto a Copa do Mundo reconhece que alguns times voltaram antes do tempo para casa, sem a taça na mão, mas são merecedores do título de equipe vitoriosa. Até 2014, com Gana!

Keila Costa é publicitária e pós-graduada em Gestão do desenvolvimento de estratégias em recursos humanos. Twitter: @keilacosta. E-mail: keilacosta@gmail.com


Exibições: 50

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Diane em 5 julho 2010 às 10:52
Se naõ fosse aquela mão eles estariam lá, nas semifinais. Achei uma verdadeira injustiça, visto que o prejuízo que o Uruguai teve, se é que podemos chamar assim, foi insignificante, pois através daí eles conseguiram a sua classificação. Também concordo que há muitas coisas a serem reavaliadas.Abs!
Comentário de Paulo Rogério em 4 julho 2010 às 0:22
@bahianoticias LULA QUER FINAL ENTRE BRASIL E AFRICANO EM 2014 http://url4.eu/5LgFo
Comentário de Paulo Rogério em 3 julho 2010 às 21:11
Gana - o primeiro país negro-africano a se libertar do colonialismo europeu - mais uma vez, deu orgulho para toda a diáspora africana pela sua determinação e vontade de vencer em campo. Quem sabe a vez de Gana não será aqui em 2014? Viva Kwame Nkrumah, Viva África!!

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço