Participatório transmite debate sobre drogas com o médico Carl Hart

No dia 15 de maio, às 16h, no Anfiteatro 12 (ICC Ala Norte), a Comissão UnB.Futuro recebe o pesquisador Carl Hart com a palestra intitulada "Drogas, Ciência e Saúde: superando mitos para o bem de todos". A transmissão acontece no Participatório, ambiente virtual da Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), ao vivo.

Professor de neuropsicofarmacologia da Universidade Columbia (EUA) e pesquisador da Divisão de Abuso de Substâncias do Instituto de Psiquiatria de Nova York, Hart virá ao Brasil pela primeira vez em maio para participar de conferências no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília a fim de apresentar suas pesquisas inovadoras e polêmicas, discutir políticas públicas sobre drogas e lançar seu livro Um preço muito alto (Zahar).

A quebra de estereótipos promovida por Carl Hart vai muito além do fato de ele ser o primeiro neurocientista negro titular da universidade, com dreadlocks abaixo dos ombros. Hart abala os alicerces de seu campo de forma muito mais significativa: sua pesquisa sugere que nas últimas décadas a política antidrogas norte-americana mente sobre os reais perigos da cocaína, da metanfetamina e de outras drogas ilícitas.

Para reduzir os danos sociais das políticas de drogas, Hart propõe a descriminalização do uso da cocaína, em pó ou crack, bem como de outras drogas pesadas. Suas descobertas revelam como a histeria emocional decorrente da falta de informação sobre as drogas ilegais encobre os verdadeiros problemas enfrentados pelas pessoas marginalizadas, negros em sua maioria. Para ele, essa desinformação também contribui para graves equívocos na utilização dos escassos recursos públicos direcionados à saúde mental.

Leia a matéria da oficina do Conselho Nacional de Juventude (Conjuv...

No provocante livro Um preço muito alto, Hart desfaz os mitos que cercam o uso de drogas e a dependência química e relembra sua jornada de autodescoberta: como ele escapou de uma provável vida de crimes e drogas em um dos bairros mais violentos de Miami, onde cresceu, até uma carreira profissional respeitável em que estuda, há mais de vinte anos, as drogas e seus efeitos na sociedade.

Fonte: UNB Futuro

Rede Juventude Viva

A Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), por meio do Plano Juventude Viva, programa de prevenção à violência contra a juventude negra, é parceira do evento. Qualquer pessoa ou instituição pode fazer parte da Rede Juventude Viva e atuar no enfrentamento à violência contra a juventude negra brasileira. Cadastre sua instituição clicando aqui! Quem já fazia parte da rede, também deve se recadastrar. Você também pode participar da comunidade Rede Juventude Viva no Participatório e contribuir com os debates e discussões! Se quiser saber mais informações sobre o assunto, acesse o site oficial do Plano Juventude Viva.

Transmissão acontece no Participatório, ambiente virtual da Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), ao vivo.


http://participatorio.juventude.gov.br/blog/view/224339/participato...

Exibições: 87

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço