Por que empreendedores negros têm menos acesso ao crédito produtivo?

Pretos e pardos representam 54% da população brasileira e são maioria no empreendedorismo. No entanto, são mais vulneráveis às desigualdades do universo corporativo. É nesse contexto que nesta segunda (29), em Salvador (BA) haverá discussão sobre Acesso ao Crédito Produtivo pelos microempreendedores Afrodescendentes.O evento – realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com apoio do Vale do Dendê e Instituto Mídia Étnica (IME) – ocorre na casa do IME (Rua Areal de Baixo, 2 de Julho, nº6), às 18h30. A atividade é aberta ao público.

Leia: https://goo.gl/haB92i

Exibições: 27

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

© 2017   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço