POR QUE SERÁ QUE NOVELA QUE FALA DE ABOLIÇÃO E RACISMO TEM IBOPE BAIXO NA GRANDE SÃO PAULO?

Lado a Lado – Novela das seis, exibida pela rede globo, conta história que não está na maioria dos livros didáticos, nem nas salas de aula, a verdadeira história dos principais construtores desse país: OS NEGROS – Pela primeira vez, na história da teledramaturgia brasileira, vemos o herói João Cândido ser lembrado e enaltecido pela Revolta da Chibata, a luta pela pratica da capoeira, temos uma mãe de santo tratada com a devida reverência de uma líder religiosa, Camila Pitanga representa uma pioneira do empreendedorismo negro e defensora da arte e cultura africana, o surgimento das primeiras favelas é retratado de forma verossímil, a resistência da aristocracia a abolição da escravatura, o racismo e o preconceito contra as mulheres livres são demonstrados de forma nua e crua, apesar da excelente qualidade de roteiro, fotografia e elenco, segundo IBOPE “Lado a Lado” tem registrado media na Grande São Paulo de 17 pts, em outras praças como Recife e Salvador a media é de horário nobre, 34 pts, outras cidades, como Florianópolis (28 pts) e Porto Alegre (27 pts) também exibem ótimos resultados. É preciso lembrar que São Paulo foi uma das ultimas regiões do país a abolir a escravatura, não é para menos, porque será que a USP até hoje não adotou o sistema de cotas? E a todo momento evoca o pensamento liberal de que exerce uma política universalista? Um parêntese para dialogar com aqueles que não apreciam novela, o povo, grande maioria excluída e marginalizada, fruto da desigualdade, do preconceito e do crime hediondo da escravidão, são a grande maioria consumidora da televisão aberta, são aqueles que estão nas favelas, nas grandes ocupações urbanas, nos bolsões de pobrezas, são eles que são educados pela televisão, monopólio político e ideológico da grande elite racista e conservadora desse país, por isso, que apesar de tudo acredito ser um grande avanço termos uma novela com protagonistas negros, que fala de forma didática e precisa sobre o Brasil de 1910 e todo seu anseio de liberdade, que fala da opressão contra a mulher, uma novela que usa de simplicidade para apresentar seus vilões, a policia que substituiu os capatazes e capitães do mato, os ex- donos de escravos travestidos de republicanos que enriqueceram na base do suor e do sangue, na força da chibata. Por isso, precisamos prestigiar, o ator e diretor, talento da sua geração Lazaro Ramos, convido você a dar IBOPE, não a Rede Globo, mas a “historia com H maiúsculo” como diz o autor João Ximenes Braga, não podemos desprezar nada que contribua para eliminação do racismo, que combata o preconceito de muitos que não querem olhar o passado vergonhoso para escrever um presente mais digno.

Não se preocupem o Nordeste garante o sucesso de “Lado a Lado”.

Exibições: 140

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço