"Um provérbio indígena questiona se somente quando for cortada a última árvore, pescado o último peixe, poluído o último rio, é que as pessoas vão perceber que não podem comer dinheiro"


As escolas públicas e privadas ensinam que no dia 19 de abril comemora-se o dia do índio,
mas será que as escolas também dão explicação sobre o porque dessa data?
 O dia do índio foi instituído em 1940, durante  o 1º Congresso Indigenista Inter americano, no México.No Brasil, a data passou a  valer a partir de 1943 por decreto lei número 5.540 do então presidente Getulio Vargas, depois de muita insistência do Marechal Cândido Rondon, um dos primeiros a se preocupar com essa questão no país.
E porque comemorar a presença do índio em território brasileiro ou fazer um enorme esforço para que o dia do índio seja lembrado e até exaltado a todo dia 19 de abril, se o índio incomoda a tantos cidadãos brasileiros? A sociedade em geral os vê como personagem folclórica, de histórias antigas e de alguém que não cresceu e não evoluiu como os outros homens e mulheres dessa nação; Os grupos econômicos os vêem como improdutivos, como atraso e empecilho para realização de projetos de desenvolvimentos e de acúmulo de capital;Os governantes sentem a grande dificuldade em cumprir os direitos adquiridos, com a constituição de 1998 e os seus desdobramentos, em especial ao que se refere á demarcação de terra e políticas públicas em educação. Se o índio é mais um problema do que reconhecidamente um cidadão, em um modelo social que exclui a maior parte da população, como o modelo capitalista,  onde as populações excluídas lutam para ter o direito de criar suas próprias formas de vida, ou para ter o direito de mantê-las.
 A realidade indígena hoje é diferente, os índios são obrigados a viver em áreas cada vez menores, gradativamente perdendo hábitos e costumes. O contato com o colonizador contribui para essa aculturação, além de trazer doenças e outros tipos de males para dentro das aldeias, muitos  índios buscaram e buscam fugir da miséria migrando para os grandes centros urbanos, mas vítimas do preconceito e sem conseguir se integrar transformaram-se em INDIgente, um triste jogo de palavras que em nada lembra a história folclórica contada nas escolas.
 
   AGORA EU TE PERGUNTO;

POR QUE COMEMORAR O DIA DO ÍNDIO?


                                                                  Paula Kalantã

Exibições: 2314

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Rita Monteiro em 13 outubro 2012 às 18:12

Acredito que devemos continuar a comemorar sim , o dia do Indio , eu como vc Paula tbm sou descendente de indigenas e negros africanos , mas me sinto muito mais indigena por eles serem os primeiros brasileiros.

Sei de algumas  mazelas que nossos pares sofrem , mas gostaria de estar contribuindo para isso de alguma maneira , como poderia te ajudar ? te fazer ouvir como uma descente direta desse povo puro e completamente discriminado? 

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço