Primeiro negro a produzir filmes nos EUA ganha mostra em SP

Redação Correio Nagô* - Começou nesta quarta-feira (24) a mostra Oscar Micheaux - O Cinema Negro e a Segregação Racial, que fica em cartaz no CCBB (centro de São Paulo) até o próximo dia 4 de agosto. Os ingressos custam R$ 4.

A homenagem ao norte-americano é oriunda em grande parte à importante contribuição que ele exerceu para a formação do cinema afro-americano. Entre as décadas de 1920 e 1950, Micheaux dirigiu 42 filmes, além de também ser roteirista, produtor, distribuidor e showman.

Ele foi um dos maiores produtores do cinema de baixíssimo orçamento produzido por e para negros nos EUA --chamados de "race pictures"-- durante o auge da segregação racial.

Vinte e sete filmes integram a programação da mostra, entre eles "The Homesteader" (1919), que fez com que Micheaux entrasse para a história como o primeiro negro a produzir um filme nos EUA. O longa é baseado em um livro de sua autoria e em sua experiência como proprietário de terras.

VEJA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA MOSTRA:

Quarta, dia 24

14h: "A Garota de Chicago"
16h: "O Exílio"
18h: "Swing!"
19h30: "Submundo"

Quinta, dia 25

14h: "Na Sombra de Hollywood"
16h: "Almas do Pecado"
18h: "Sombra da Meia-Noite"
19h30: "Assassinato no Harlem"

Sexta, dia 26

14h: "O Símbolo do Inconquistado"
16h: "Marchando!"
18h: "Gertie Indecente do Harlem"
19h30: "O Sangue de Jesus"

Sábado, dia 27

14h: "Dentro de Nossas Portas"
16h: "Milagre no Harlem"
18h: "A Garota no Quarto 20"
19h30: "Juke Joint"

Quarta, dia 31

14h: "Dez Minutos para Viver"
16h: "Lua sobre o Harlem"
18h: "O Sangue de Jesus"
19h30: "Corpo e Alma"

Quinta, dia 1º

14h: "Gertie Indecente do Harlem"
16h: "O Cantor de Jazz"
18h: "Os Filhos Adotivos de Deus"
19h30: "Imitação da Vida"

Sexta, dia 2

14h: "Swing!"
16h: "Uma Cabana no Céu"
18h: "Desce, Morte!"
19h30: "Aleluia!"

Sábado, dia 3

14h: "O Nascimento de uma Nação"
18h: "Dentro de Nossas Portas"

Domingo, dia 4

14h: "Juke Joint"
16h: "Corpo e Alma"
18h: "Magnólia"

*Com informações da Folha

Exibições: 596

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de JAMAHIRIYA.LIBYA@BOL.COM.BR em 26 julho 2013 às 14:11

 A GLOBO ditadura Vandalista da comunicação, leviana ardilosa e racista inimiga do povo brasileiro. No Brasil os judeus monopolizam a TV discriminam e humilham as mulheres negras?A MeGaLOBO RACISMO? A violência do preconceito racial no Brasil personagem(Uma negra boçal degradada pedinte com imagem horrenda destorcida é a Adelaide http://globotv.zorra-total/v/adelaide-e-briti-pedem-dinheiro-no-metro/, do Programa Zorra Total, TV Globo do ator Rodrigo Sant’Anna? Ele para a Globo e aos judeus é engraçado, mas é desgraça para nós negros afros indígenas descendentes, se nossas crianças não tivessem sendo chamadas de Adelaidinha ou filha, neta e sobrinha da ADELAIDE no pior dos sentidos, é BULLIYING infeliz e cruel criado nos laboratórios racistas do PROJAC (abrev. de Projeto Jacarepaguá da Central Globo de Produção) da Rede Globo é dominado por judeus diretores,produtores e apresentadores ( OBS. alem destes judeus e judias citados   existem centenas de outros e mais de 200 atores, atrizes, comediantes, artistas e apresentadores  judeus e judias e milhares de  empregados e colaboradores da " Rede Globo Judaica Midiática Brasileira"  )como Arnaldo Jabor,Carlos Sanderberg,Luciano Huck, Jairo Bouer,Luis Erlanger,Marcos Losekann,Marcius Melhem e Leandro Hassum,Vladimir Brichta,Tiago Leifert, Pedro Bial,William Waack,William Bonner & Fatima Bernardes,Ernesto Paglial & Sandra Annenberg,Mônica Waldvogel,Renata Malkes,Sandra Passarinho,Amora Mautner, Lillian W. Fibe,Esther Jablonski,Glenda Kozlowski,Gilberto Braga,Wolf Maya,Mário Cohen,Ricardo Waddington,Max Gerinder ,Maurício Kubrusly,Mauro Molchansky,Maurício Sirotsky ,Marcelo Rosenbaum,Michel Bercovitch,Fábio Steinberg,Carlos de Lannoy,Roberto Kovalick,Guilherme Weber,Caio Blinder,Daniel Filho,Gilberto Braga,Walcyr Carrasco,Carlos H. Schroder e o poderoso Ali Kamel diretor chefe responsável e autor do livro Best seller o manual segregador (A Bíblia do racismo,que irônico tem por titulo NÃO SOMOS RACISTA baseado e num monte de inverdades e teses racistas contra os negros afrodescendentes brasileiros) E por Maurício Sherman Nisenbaum (que Grande Otelo, Jamelão e Luis Carlos da Vila chamavam o de racista porque este e o Judeu sionista racista Adolfo Block dono Manchete discriminavam os negros)responsável dirige o humorístico Zorra Total Foi dono  da criação de programas e dos programas infantis apresentados por Xuxa(Luciano Szafir)e Angélica(Luciano Hulk) ambas tendo seus filhos com judeus,apresentadoras descobertas e lançadas por ele no seu pré-conceitos de padrão de beleza e qualidade da Manchete TV dominada por judeus sionistas,este BULLIYING NEGLIGENTE PERVERSO da Globo, que nem ADOLF HITLER fez aos judeus mas os judeu sionistas da TV GLOBO faz para a população negra afrodescendente brasileira isto ocorre em todo lugar do Brasil para nós não tem graça, esta desgraça de Humor racista criminoso, que humilha crianças é desumano para qualquer sexo, cor, raça, religião, nacionalidade etc. o pior de tudo esta degradação racista constrangedora cruel é patrocinada e apoiada por o Sr Ali KAMEL fascista sionista (marido da judia Patrícia Kogut jornalista do GLOBO que liderou dezenas de judeus artistas intelectuais e empresários dos 113 nomes(Manifesto Contra as contra raciais) defendida  pela radical advogada Procuradora judia Roberta Kaufmann do DEM e PSDB e o Senador Demóstenes Torres que foi cassado por corrupção)TV Globo esta mesma que fez anuncio constante do programa (27ª C.E. arrecada mais de R$ 10,milhões reais de CENTARROS para esmola da farsa e iludir enganando escondendo a divida ao BNDES de mais de 3 bilhões dólares dinheiro publico do Brasil ) que tem com o título ‘A Esperança é o que nos Move’, show do “Criança Esperança”de 2012 celebrará a formação da identidade brasileira a partir da mistura de diferentes etnias) e comete o Genocídio racista imoral contra a maior parte do povo brasileiro é lamentável que os judeus se divirtam com humor e debochem do verdadeiro holocausto afro-indigena brasileiro o Judeu Sergio Groisman em seu Programa Altas Horas e assim no Programa Encontro com a judia Fátima Bernardes riem e se divertem.(A atriz judia Samantha Schmütz em papel de criança um estereótipo desleal e cruel se amedronta diante aquela mulher extremamente feia) para nós negros afros brasileiros a Rede GLOBO promove incentiva preconceitos raciais que humilha e choca o povo brasileiro.Organização Negra Nacional Quilombo ONNQ 20/11/1970 – REQBRA Revolução Quilombolivariana do Brasil - quilombonnq@bol.com.br   

 

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço