MARCELLO ANTONY NÃO MUDOU O CABELO DO SEU FILHO ADOTIVO NA VIDA REAL

Para Walcyr Carrasco família rica cortaria o cabelo do filho adotivo negro, como símbolo de ascensão social

Em uma novela criticada pela ausência de personagens negros...Ver mais
Foto: MARCELLO ANTONY NÃO MUDOU O CABELO DO SEU FILHO ADOTIVO NA VIDA REAL Para Walcyr Carrasco família rica cortaria o cabelo do filho adotivo negro, como símbolo de ascensão social Em uma novela criticada pela ausência de personagens negros, o autor Walcyr Carrasco voltar a irritar a comunidade ao declarar que irá mudar o cabelo do personagem Jayminho (Kaiky Gonzaga), uma criança negra em processo de adoção por uma família branca. Na coluna da jornalista Patricia Kogut no Jornal O Globo, o autor global relata que ouviu “críticas pesadas” em relação ao cabelo da criança negra”. Quero um personagem bem aceito”, ele defende. Após a chuva de críticas, Walcyr passou o dia dando respostas obtusas pelo twitter. Uma das suas respostas chama a atenção: “Mas a verdade é essa: só pedi para mudar o visual de Jayminho porque ele foi adotado por alguém de dinheiro. É o que aconteceria no caso.” O autor se esquece de um caso bem próximo a ele. Do ator Marcello Antony, que interpreta o pai adotivo da criança na ficção e que também adotou uma criança negra na vida real e não mudou as características étnicas do seu filho por conta disso. “Bem, se não estão felizes com o que estou fazendo contra o preconceito, tiro o personagem da novela e acaba a polêmica”, esbraveja do autor na rede social. E aí? Uma novela dessa merece sua audiência?

Fonte:https://www.facebook.com/sitemundonegro

Exibições: 1604

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Nilton Dória em 29 outubro 2013 às 7:48

Tudo isso deve-se a falta de união e de um alvo coletivo, eu estou de fora, mas acho que os negros brasileiros precisam de objetivo que os unam, só a partir dai nessa unidade poderão ter mais voz. Não basta falar de racismo, se ainda vemos este tipo de papel como oportunidade para o participante, devemos sobretudo ter principio, neste tipo de coisas eu ou meu filho não participa, só assim é que podemos exigir a equidade de raças.

Comentário de Otacílio Favero de Souza em 24 outubro 2013 às 15:05

O que esperar de imbecil como o Valcir carrasco? nada mais que isso.

Comentário de Rosivalda Barreto em 24 outubro 2013 às 11:41

Desde que a rede globo surgiu é racista e a gente assiste e ainda suporta Adelaide!!

Comentário de Washington Nem Ferreira em 24 outubro 2013 às 9:13

Comentário de Washington Nem Ferreira agora mesmo

Penso que devemos evitar todo e qualquer tipo de comentário concernente à esta rede de televisão, ela tem uma forma de agir tão iníquoa, que não merece a nossa atenção.  A cada vez que mencionamos seu nome em qualquer lugar fazemos propaganda dela gratuitamente, portanto, esqueçamos. Sugiro que passemos para as pessoas, sejam amigos (a), desconhecidos (as),ou apenas conhecidos (os), se nos perguntarem, coloquemos nossas opiniões, caso contrário... não devemos dá nenhum tipo de ibope.

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço