Reunião apresenta programa "Pacto pela Vida" para Movimento Negro da Bahia

Um encontro realizado na última sexta, 20, no auditório da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos no Centro Administrativo da Bahia reuniu lideranças do movimento negro baiano para discutir o programa "Pacto pela Vida" que será lançado no dia 06 junho, em Salvador. O programa visa reduzir os números da violência no estado e é apresentado como uma das prioridades do Governo da Bahia para os próximos anos.

O evento foi organizado pela Secretaria Especial da Igualdade (SEPROMI) junto com a Secretaria de Comunicação (SECOM) ambos órgãos do Governo do Estado da Bahia, e contou com a presença de lideranças dos movimentos negros como o economista Silvio Humberto do Instituto Steve Biko; o presidente do Ilê Aiyê, Antônio Carlos Vôvo; o coordenador da CONEN -BA, Gilberto Leal; a Makota Valdina Pinto;  a Yalorixá Mãe Val do Terreiro do Cobre, o coodenador da Associação de Familiares de Amigos e Presos e Presas do Estado da Bahia (ASFAP), Hamilton Borges, dentre outras.

Segundo dados apresentados na reunião, a situação de violência na Bahia, ultrapassa os padrões tolerados pela ONU  de 10 mortes por 100 mil habitantes. A realidade atual no estado é de 33 mortes para cada 100 mil cidadãos, em outros estados como Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, a situação é ainda pior.

 

O Programa Pacto pela Vida pretende reunir diversas secretarias do governo e todos os setores da sociedade para mudar essa situação.  A ideia é que o assunto deixe de ser apenas de interesse da Secretaria de Segurança Pública e passe para pauta de outros órgãos que terão de colocar ações para esse fim nos seus planejamentos orçamentários.

 

No último dia 19 de maio, um evento semelhante reuniu os principais veículos de comunicação para conhecerem o programa que, segundo informações do Governo, terá a mesma capilaridade que os programas "Água para todos" e "Todos pela Educação" possuiam na gestão anterior do governador Jaques Wagner. Em Salvador, o número de assassinatos por ano saltou de 967, em 2006, para 1.638 em 2010, alta de 69,4%. 

 

Confira entrevista com o secretário Estadual da Igualdade, Elias Sampaio, sobre o Pacto pela Vida.

Exibições: 114

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de anita de jesus costa em 24 maio 2011 às 15:15

Tua Sakidila..vai ser muito bom, essa reuniao sendo apresentado

no programa..mostrando a realidade da vida...

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 24 maio 2011 às 8:30
Olá, Vanice. O evento de lançamento do Pacto pela Vida será no próximo dia 06 de junho e certamente faremos a cobertura, uma vez que esse é um assunto de grande interesse da comunidade negra. Um grande abraço e agradecemos por acompanhar assiduamente nossa rede.
Comentário de Vanice da Mata em 24 maio 2011 às 0:41

Correio Nagô, senti falta de cobertura aqui sobre este evento :-(  

Espero que haja alguma chance de rolar (isso é, se já aconteceu e eu nem vi. Postem aqui se iss aconteceu, valeu, e se puderem mandem mensagem para mim.E aproveito para pedir desculpa por qualquer abuso..)  

Sem vocês eu já não sei mais viver...rssss

Senti falta, também, da presença da SSP da Bahia, das suas clássicas Polícias (infelizmente é a isso que tem se resumido segurança na Bahia...) mas até entendo as razões tanto quanto óbvias da "ausência". Movimento Negro e Segurança Pública são palavras que aqui no Brasil, historicamente, não compartilham representações exatamente harmônicas.

Sei que o povo negro mais deseja é que este estado de coisas venha a mudar, pois ninguém aguenta mais morrer.

Um abraço e vida longa à Vida no Aiyê. Axé para todas as minhas irmãs e meus irmãos.

Comentário de JORGE EUMAWILYÊ SANTOS em 23 maio 2011 às 18:50
Meu nobre amigo, Dr. Elias Sampaio!
Demais seguidores do Correio Nagô!
Tudo em paz? Paz sempre.

É com imensa alegria e satisfação que debruço-me sobre tão importante assunto, primeiro para parabenizar-lhe pela sua investidura nessa Sepromi, que acredito com você bastante melhorada, principalmente em relação à especificidade que agora preceitua os destinos e as ações do orgão. Quanto ao "Pacto pela vida" penso que nenhuma "generosidade" poderá conter o mal que tanto tem nos dissipado. Esse mal do qual falo só poderá ser contido com bastante intensificação da efetivação das políticas publicas de carater afimativos e reparatórios, o que tem sido exercida com muita prosódia e timidas operacionalidades. Porém não vamos por 'água na fogueira', até porque estando fora do Estado não nos foi permitido participar do evento. Emfim, quero lhe desejar um bom trabalho à frente da Sepromi, na certeza de que muito em breve irei tomar um café e levar-lhe algumas contribuições, as quais espero que sirvam ao inicio da necessária transformação do Estado brasileiro, que certamente terá inicio aqui, na Bahia de todos nós.

Abraços fraternos!













quanto à especificidade da mesma, e

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço