Riachuelo realiza lavagem de N. Srª da Conceição

O evento acontecerá no próximo domingo a partir das 15h

 

A tradicional “Lavagem de N. S. da Conceição do Vale do Cotinguiba”, que vem sendo realizada pelo Centro Sócio-Cultural Afro-Brasileiro “OminMafé”, e que vai para a sua 12ª versão, acontecerá neste domingo, 2, no município de Riachuelo, às 15h.

O evento tem como objetivo primário a saudação ao Orixá Oxum, deusa das águas doces na diáspora africana e que é reverenciada no dia 08 de dezembro, ao mesmo tempo em que homenageia a padroeira da cidade de Riachuelo, N. S. da Conceição numa justaposição entre o culto aos Orixás e o Catolicismo, ressaltando desta maneira os valores religiosos tão presentes no cotidiano da cidade, localizada na principal região açucareira do estado, o Vale do Cotinguiba, e sendo essa a base de sua economia, fato que proporcionou a resistência cultural e religiosa do povo negro de forma mais expressiva nessa região e, portanto de grande importância, uma vez que o negro além de ser a principal força de trabalho ainda absorvida, compõe de maneira acentuada o quadro étnico dessa mesma região.

De acordo com os organizadores do evento, o evento visa, além da homenagem citada acima, criar uma consciência sócio-cultural e religiosa, trabalhando a importância da contribuição do povo negro, e seus valores étnicos e do culto aos Orixás, envolvendo todo o Vale do Cotinguiba, uma vez que aí se encontra a maior população negra do estado, distribuída entre as cidades de Riachuelo, Laranjeiras, Nossa Senhora do Socorro, Japaratuba, Divina Pastora, Carmopolis, Maruim, entre outras que são depositárias da tradição popular de remanescentes africanos e zeladores do culto aos Orixás, já que grande número de casas de culto como terreiro de Candomblé, Nagô e outros aí se encontram, marcando de forma expressiva a identidade do povo dessa região.                                                         

Segundo a Yalaxé Martha Sales, a importância desses terreiros reside no fato de que, “diante das entidades cultuadas, o povo negro guarda a memória da África e da escravidão, seus símbolos de resistência e da dignidade. A cidade de Riachuelo, de acordo com esse projeto sediará assim através da “Lavagem de N. S. da Conceição do Vale do Cotinguiba” um encontro regional que trabalhará o exercício dessa identidade negra, desmistificando as religiões Afro-Brasileiras, levando o conhecimento e a informação, identificando essas religiões com efeitos positivos e aprimorando a auto-estima desse povo, bem como a cidadania, a dignidade humana, abrangendo a comunidade, escolas e demais segmentos da sociedade”, disse.


Fonte: Portal de Notícias Infonet- Sergipe. 

Exibições: 81

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço