RS: Lançada Campanha "Abolição Não Conclusa" para as Mulhes Negras

13 de Maio: Abolição não conclusa para as mulheres Negras


ASSOBECATY- Associação Beneficente Cultural Africana Templo de Yemanjá, casa mulheres negras (3)tradicional e entidade da Sociedade Civil, utilizando-se de ferramenta comunitária “RODA DE CONVERSA,” convida a tod@s e todos, para fazermos um exercício de pertença sobre nosso aprendizado social. 
Com este método de participação coletiva desenvolveremos várias temáticas durante o ano de 2011. 
No diálogo do mês de MAIO, vamos nos expressar escutar mulheres posicionadas na  política do RS. 
Aproveitando esta metodologia, bastante utilizada nos processos de intervenção comunitária. 
Propiciando um método de participação e intervenção coletiva, acerca de uma temática, através de espaços de dialogo grupal. 
Teremos como objetivo central, autonomia e empoderamento das mulheres negras, socializando nossos saberes avançando para uma reflexão voltada para ação. 
Este envolvimento terá como pergunta estratégica para instigar nosso imaginário:

Qual sua sugestão para concluírmos  a abolição para as mulheres negras gaúchas ? 
Qual é o lugar que ocupam as mulheres negras no espaço político do RS? 
Por meio da problematização da socialização de saberes vamos realizar troca de experiências nas conversas, e discussões que surgirão. 
Nossa disposição está concentrada na busca e socialização do conhecimento de todas as envolvidas. 
Que poderá estar circulando nesta roda de reflexão voltada para ação que só acontecerá, com seu comparecimento.

APOIO:

Conexão Afro

Central de Movimentos Populares

Associação Conexão Comunitária

Projeto Mocambo

 Coordenadoria de Igualdade Racial  de Canoas

Associação Socioeducativa Ambiental – ONG Uriel

 

 

Exibições: 26

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço