SANTO ANTÔNIO DE JESUS SERÁ PALCO DE MOBILIZAÇÃO CONTRA O RACISMO

Com o apoio de parlamentares e Organizações do Movimento Negro, ato acontece em praça pública e exige punição ao vereador racista

Foto: facebook do vereador Cristiano Sena


O deputado estadual e vice- presidente da Assembléia Legislativa da Bahia, Yulo Oiticica (PT), realiza na próxima segunda-feira (30), às 16h, em Santo Antônio de Jesus, um ato de repúdio contra as declarações racistas utilizadas pelo vereador e ex-presidente da Câmara de Vereadores do município, Délcio Mascarenhas (PP), para se referir ao colega de parlamento, Cristiano Sena (PT). Durante a sessão da última terça (24).
O ato acontece na praça Renato Machado e contará com o apoio do deputado federal Amauri Teixeira, do vice-presidente da Associação Baiana de Imprensa, Ernesto Marques, do deputado estadual Marcelino Galo, além da participação da Coordenação Nacional de Entidades Negras – CONEN; do Coletivo de Entidades Negras – CEN; da Secretaria Estadual de Combate ao Racismo; do Fórum Baiano de Juventude Negra; da Associação Cultural Bantu – ACBANTU; do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra – CDCN; do Afoxé Bamboxê, bem como outros defensores da igualdade entre os povos.
Reunidos para dar continuidade a uma sessão interrompida que apreciava as contas do exercício de 2011, cujo foco obrigava o ex-gestor a devolver mais de R$ 192 mil aos cofres públicos. Após a sessão, o vereador Cristiano Sena questionava a estratégia feita pelos vereadores que apoiam o ex-prefeito e classificava a manobra como absurda, quando foi agredido gratuitamente pelo vereador Délcio Mascarenhas que, com um tom racista e incondizente de um legislador público o chamou de, “Preto, descarado, vagabundo!”.

Exibições: 58

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço