Secretaria de Comunicação da Bahia financiará iniciativas da área a partir de maio de 2012

O segredo comercial que permeia o questionamento Quem financia a mídia? e o anúncio da abertura de linhas de financiamento para o desenvolvimento de políticas de comunicação e democratização do acesso à informação pela Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia (Secom) foram os principais destaques da mesa de discussão “A Comunicação que temos e a Comunicação que teremos”.


A atividade realizada na tarde da última terça-feira (18) integrou a programação da II Semana pela Democratização da Comunicação, realizada pelo Fórum de Comunicação do Sertão do São Francisco, na Universidade Estadual da Bahia (UNEB), no município de Juazeiro e marcou o primeiro dia da Semana de Integração organizada pelo Colegiado do Curso de Comunicação Social da Universidade.


Participaram da mesa: o coordenador da Assessoria Especial de Políticas Públicas da Secretaria de Comunicação Social da Bahia, Antônio do Carmo, a jornalista e representante do Instituto Mídia Étnica, Juliana Dias e mediando a discussão, Érica Daiane da Costa Silva e Uilson Silva, ambos da Secretaria Executiva do Fórum de Comunicação do Sertão do São Francisco.

 


Quem financia a mídia
“Apesar da escassez de dados precisos sobre a contabilidade das empresas de comunicação, é possível evidenciar por meio das informações fornecidas pelos grupos de mídias e projetos como Donos da Mídia, a natureza e origem da principal fonte financiamento da mídia privada comercial, seja ela impressa ou eletrônica: o Estado brasileiro”, discorreu Dias.


A jornalista apresentou dados públicos e informações fornecidas pelos grupos de mídia sobre este panorama do financiamento, com destaque para a relação entre comunicação e políticos, que controlam uma grande parcela dos veículos de comunicação no país.


Linhas de Financiamento da Secom

“Este investimento já está incluso no Plano Plurianual Participativo (PPA-P) e na Lei Orçamentária Anual (LOA). Nós iremos apoiar toda iniciativa que tenha como objetivo a criação e fortalecimento da comunicação. Então, se apropriem dessas ferramentas para promover a democratização do acesso à informação. O governo do Estado da Bahia quer ser parceiro da comunicação que levar informação para todos os baianos”, disse o coordenador da Assessoria Especial de Políticas Públicas da Secom, Antônio do Carmo.

O anúncio de recursos para o financiamento de iniciativas na área da comunicação animou estudantes e professores que participaram da mesa de discussão. A coordenadora do curso de Curso de Comunicação Social da UNEB, Márcia Guena aproveitou para citar iniciativas dos estudantes que necessitam de recursos, como a agência de notícias Multi Ciência e a TV Web Uneb Juazeiro.

“Estou muito contente em saber dessa linha de financiamento que a Secom colocará em prática. Aqui na Uneb temos iniciativas que precisam desse suporte para crescer. Além disso, acredito que a juventude é a principal forma de burlar esse monopólio da comunicação”, destacou Márcia Guena.

 

Programação da II Semana da DEMOCOM
Hoje, as atividades que marcam a semana serão realizadas em outros municípios do Território, a exemplo de Canudos, Curaçá e Pilão Arcado, tendo como foco a realização de oficinas de comunicação para jovens e a apresentação de programas especiais sobre comunicação nas Rádios Comunitárias destes municípios. As atividades são organizadas pelo Fórum de Comunicação do Sertão do São Francisco, um espaço de discussão e proposição que reúne diversas organizações sociais de municípios do Território Sertão do São Francisco – Bahia. A organização da sociedade civil foi criada em setembro de 2009 a partir da mobilização para a I Conferência Nacional de Comunicação.
Atualmente conta com a participação de entidades locais e nacionais, estudantes, comunicadores populares e profissionais da comunicação interessados/as em discutir e contribuir com a luta por uma comunicação responsável e comprometida com uma sociedade democrática, que valorize mecanismos de participação popular.


Curaçá
20/10 - Oficinas de comunicação
Educomunicação (Érica Daiane)
Técnicas de Locução (Juvenal Lemos)
Produção Textual (Álvaro Luiz)

21/10 – Salitre
Local: Casa Paroquial de Curaçá - das 9h às 17h
Oficina de Rádio Escola
Local: Escola Municipal do Junco - Salitre - 13h

Pilão Arcado
22/10, das 8h às 9h – Programa Viva a Vida - Especial Democratização da Comunicação (Responsável: Pastoral da Criança)
Local: Rádio Comunitária Tropical FM

Canudos
22/10, às 16h – Programa Sol Poente - Especial Democratização da Comunicação (Responsável: IRPAA)
Local: Rádio Atividade FM
Obs.: A programação não acompanha o horário de verão.


Exibições: 222

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Vanice da Mata em 21 outubro 2011 às 22:37
Bacana! Quem vir o edital primeiro compartilha por aqui - beleza?

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço