Sinjorba e Semur realizam seminário Imprensa e Diversidade Étnico-Racial 24/11

Seminário Imprensa e Diversidade Étnico-Racial


O Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba) e a Secretaria Municipal da Reparação (Semur) realizam no dia 24 de novembro (quarta--feira), às 19 horas, na Faculdade da Cidade - Comércio, o Seminário Imprensa e Diversidade Étnico-Racial com participação do professor Jaime Sodré, PhD em História da Cultura Negra, doutor em História Social, docente da UNEB e CEFET,e Ogã Xicarongoma do Candomblé. Também participa Juliana Dias, formanda em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo da Faculdade Social da Bahia e integrante do Instituto Mídia Étnica (www.midiaetnica.org), que vai falar sobre seu trabalho de conclusão de curso 'Manual de Jornalismo Étnico-Racial'.


No evento, o Sinjorba, representado pela presidente Marjorie Moura, firmará parceria com a Semur, na pessoa do secretário Ailton Ferreira, para elaboração de uma cartilha destinada aos jornalistas contendo indicações sobre o tratamento adequado a ser dado às questões etnico-raciais e das religiões de matriz africana, na elaboração de pautas e no material produzido diariamente pela midia.


O evento é aberto ao público.


Maiores informações: Marjorie Moura (9952-2287) e Maria Rocha (Semur 4009-2634 e 9933-6080)

Exibições: 54

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Patrícia Bernardes em 23 novembro 2010 às 21:31
Não perco POR NADA...Juliana tem uma LUZ MASSA!!!!!
Viva as GUERREIRAS NEGRAS DO JORNALISMO minha GENTEEEEEEEEEEEEEEE!!!!!
Axé de Paz!!!!!
Comentário de GLÓRIA TAVARES em 23 novembro 2010 às 11:47
Parabéns Ju! Aguardei ansiosa por este parto!!
Comentário de Paulo Rogério em 23 novembro 2010 às 11:34
Parabéns, Juliana!! Essa cartilha que você está elaborando será de grande utilidade para os profissionais de mídia de todo o país. Como disse Mandela, "Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião.Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.". É por isso que a formação anti-racismo é fundamental para todas as profissões, em especial na comunicação que ajuda a formar opinião e construir sentidos. Abraços!

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço