Sobre o texto: A carnificina midiática e o Pacto pela Vida

Sobre o texto: A carnificina midiática e o Pacto pela Vida aqui postado

São muitas violências, e a mídia baiana não está fora disso! Agora, é preciso reconhecer que o programa de BOCÃO por exemplo acontece na Rede Record Bahia, que está para o governo Wagner aquilo que a Rede Bahia representou para os governos de influência "carlistas"... A manifestação de um setor ou seja lá que parcela ou montante de policiais militares representam, deve deixar claro que faz parte de um conjunto de insatisfações que abraçam o servidor estadual por conta das violências praticadas pelo governo como o desrespeito e a imoralidade que tem sido para com a URV - que ele se recusa a pagar!

Neste caso da URV tem um fenomeno: secretário da Administração,
O Secretário de Administração Manoel Vitório, classificou, na edição do Jornal Atarde do dia 23/05/2011, a URV como miragem, no entanto, ele próprio recebeu, a URV, conforme sinaliza a FETRAB em seu Boletim n°2 de Jul/Ago 2011, "beneficiando-se da luta dos trabalhadores do Judiciário, de onde ele também é funcionário".Como diria Bob Marley: "O governo transfere para o povo toda sua fúria e sofrimento"... Não espere que o povo devolva com palavras e gestos dóceis e suaves!!!

Mas esses não são os limites das violências! Nos anos 60, 70 e 80 quando as manifestações ocorriam e dado ao grau de repressão ou não os desdobramentos eram considerados como BADERNA DE GRUPELHOS, ou boataria e/ou coisa de um grupo inexpressivo, era sabido logo a Gênese desse tipo de análise e de observação tão limitada com aquilo que meu amigo e irmão que já foi presidente do PT em Salvador costuma chamar de "elevado grau de miopia política". Estamos aqui e a nossa não é a paz armada, a filosofia de dobrar com a força!!! "A FLOR DE GIRASSOL FOI SILENCIOSAMENTE / COM RAZÃO, FÉ E CULTURA ESPALHANDO A SEMENTE" é assim que temos lutado...

Existe bandeira do Movimento de 1798 que está vivo no movimento dos militares de hoje! Evidente que guardando as limitações históricas! Mas, na época, foram baderneiros e todas as pechas que justificou o sabor no prazer pelo sangue da elite colonizadora que se acotovelava para ver e aplaudir o enforcamento e dar vivas ao esquartejamento!!!

"A aliança entre setores da polícia e da mídia para promover o terror não é nenhuma novidade" - essa observação é colocada como se a polícia fosse uma coisa deslocada da estrutura da sociedade e que determinados setores constroem alianças espúrias com a mídia! "devagar com o andor que o santo é de barro"! Não é bem por aí...A polícia é força auxiliar de repressão! Reprimir quem? Por qual razão? Para e por orientação de quem?

"... imagens de corpos ensanguentados em horário inadequado..." É possível que eu esteja blefando; mas, o sujeito preso esta sob tutela do estado! Neste caso, as filmagens fazem parte da política de estado! Outra coisa: Será que existe e se existe, qual o horário adequado para exibição dessa imoralidade ( imoralidade aqui como aquilo que desrealiza alguém ou alguma coisa), qual é o horário para esta violência na mídia?

"A construção de uma cidade sitiada, em guerra, onde o fuzil é a solução." Mas a resposta de diálogo que o governo do estado apresentou a este grupo de manifestantes: reservas de celas em presídio de segurança máxima, tanques de guerra etc, etc, etc. A verdade é que enquanto eles decidem, a parcela que continuamos cedendo é com a vida.

"Esse quadro é costumeiramente denunciado por entidades como a Campanha Reaja!, o Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra (CDCN) e Ministério Público Estadual."

Lembro do nascedouro da CAMPANHA REAJA que soava para gente como eu, se tratar de uma política de poder do povo negro!!! E não braço de política de governo A, B ou C! Não acredito que este movimento, dado a sua essêcia, tenha se transformado em tentáculo do governo estadual! Sem desmerecer o CDCN e o Ministério Público; mas, "NÓS" que estamos contando os tempos no ringue sabemos e temos consciência que as elites colonizadores nunca abriram ou sequer baixaram a guarda para nós... Todos os pactos que nos foram propostos assinaram e fizeram questão de cumprir com firmeza e fidelidade; no entanto, eles sempre tiveram dificuldades em cumprir o próprio pacto que eles mesmos propunham ou propuseram.

Nós somos a paz! Somos com palavras, com manifestações artísticas e culturais aquilo que eles procuram com truculência, desrespeito e através da filosofia da “paz armada”.

Em um documento assinado pelo Movimento Reaja aqui no Correio Nagô ficou expressa a sua posição:

Os Pactos e Nós, Os Negros/as

“Mesmo que pareça mais atraente e até seguro juntar-se ao sistema, precisamos reconhecer que agindo assim estaremos bem perto de vender nossa alma” ( Bantu Stive Biko, Escrevo o que quero , editora ática , pag.48 2ºedição 1990)

E apelava ao governador Jaques Wagner:

“para o fato de que só um diálogo com toda sociedade poderia ajudar a construir um outro modelo de segurança pública. Por tanto nossa exigência feita no calor de nossa ira frente aos corpos de vários jovens que tombaram durante as operações Saneamento I e II, na Chacina de Pero Vaz, na Chacina de Vitória da Conquista, na Chacina (vingança Estatal) de Cana Brava, nas mortes de Edvandro, de Djair, e Clodoaldo Souza o Negro Blul, entre outras, nos obriga a participar dessa construção de forma crítica, não tutelada, propositiva.”

Quero abrir um parêntese para saudar o amigo e irmão Deni, vitimado em um arrastão nos últimos dias; a mídia divulgou como uma tentativa de assalto isolada e que ele teria reagido! É INGÊNUO QUERER DISTANCIAR A GRANDE MÍDIA DO PODER DE MANDO NA ESTRUTURA QUE ESTAMOS INSERIDOS.

“Num triste legado da escravidão / A necessidade fazendo a razão / Dói ver em cada esquina partir um irmão / Que tombou sem direito a opção”... (Adailton Poesia e Valter Farias).

Nesse momento, dói tê-lo que saudar nestas circunstâncias.Mas a nossa "jamaica", o Muzenza do Reggae saúda em tê-lo na memória como um dos guerrilheiros que lutou na mesma trincheira.

E discutindo as violências para com o nosso povo, não podemos deixar imune o processo de extermínio nos postos de saúde e/ou hospitais; a humanização da saúde só para Eles enquanto que nós ficamos a chorar e a lamentar tratamento humano e respeitoso! E é nó que não acaba mais! O projeto de mobilidade de Salvador foi violentado e o metrô que iria atender as necessidades das comunidades populares do subúrbio de Salvador, foi rasgado e agora vão fazer um metrô que irá ligar u bairro nobre e fechado na ladeira do Cabula ao litoral norte de Salvador, que é onde estão as praias que os ricos freqüentam!  

As escolas representam outro espaço e terreno da violência estatal; a relação com a secretaria é de autoritarismo e prepotência! Não dá para esquecer uma professora que colocou um texto sobre o processo de enturmação que o governo abriu, em uma prova para discutir com os alunos e foi afastada – outro professor, que foi solidário também foi afastado e retornou por ação força da justiça! Mas, foi inquisitado na secretaria de educação e um dos seus algozes disparou: “isso é um texto de merda professor” quem ouve a conversa fica estarrecido em saber de onde partiu tanta truculência!

O Colégio Pedro Tenório no Nordeste de Amaralina fechou e em seu lugar surgiu o programa Viva Nordeste; este programa foi fechado e o local foi transformado em posto policial. O Colégio Estadual Carlos Santana I teve parte de um dos seus membros mutilado para dar vida a um batalhão – enquanto que uma das bases das chamadas UPP’s foi instalada onde funcionava o Viva Nordeste! No quadro posto, o poder é deles na oposição ou situação e até mesmo na mídia!

A POLÍTICA DE EXTERMÍNIO PARA COM OS POVOS INDIGENAS PERMANECE INALTERADA! COM OS PRETOS A COISA NÃO É DIFERENTE! TUDO EM BENEFICIO DO COLONIZADOR; AS FLEXAS DE ZUMBI E AJURICABA CRUZAM E DESAPARECEM NOS CÉUS CHAMANDO O POVO A UNIDADE PELA VIDA.

 É NÓS E POR NÓS que canta De Neve: “...População magoada a nossa honra tem que ser lavada”

Duda Santiago /02/2012

 

 

Exibições: 97

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Adailton Poesia em 10 fevereiro 2012 às 23:11

É ISSO AÍ NEGÃO! FALOU E DISSE, MUITO INTELIGENTE, CONCORDO COM TUDO QUE FOI ESCRITO VAMOS CHAMAR ESSE POVO À REFLEXAO.

Comentário de Eduardo Sergio Santiago em 9 fevereiro 2012 às 18:17

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Sobre

© 2017   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço