SSA: Arrastão musical na Festa de Yemanjá do Rio Vermelho

ARRASTÃO REUNIRÁ BEMBA E TAMBORES DO BATE FACHO

NA FESTA DO RIO VERMELHO

 

A música Bemba e o samba-reggae terão presença garantida no Presente de Yemanjá, festa popular que acontecerá no Rio Vermelho, próxima quinta-feira, 02 de fevereiro. A dupla Russopassapusso e Fael 1°, músicos do Bemba Trio, farão um animado arrastão musical com o Grupo Bate Facho, banda percussiva formada por jovens da comunidade do Bate Facho, e comandada pelo percussionista Wilton Batata.

Criado em 2002, na comunidade do Bate-facho (localizada entre os bairros da Boca do Rio e Imbuí), o projeto de arte educação foi encabeçado pela ONG “Toda Arte é Válida”, tendo com um dos fundadores o músico Wilton Batata. Além das aulas de percussão para os jovens, Batata, atualmente, integra os três principais destaques da cena musical baiana: Baiana System, Orquestra Rumpillezz e Juliana Ribeiro.

AÇÃO SOCIAL - O projeto atende adolescentes em situação de vulnerabilidade social, atraindo-os a partir da experiência de percussionistas bem sucedidos, exibindo assim uma referência positiva para estes jovens, além de educá-los por meio da música. A inspiração vem do movimento de transformações social proporcionado pelo samba reggae e a atuação dos blocos afro nas comunidades pobres de Salvador.

A comunidade do Bate-Facho era uma fazenda indígena, onde os primeiros moradores tinham uma estratégia bastante criativa para driblar a falta de luz elétrica: "batiam facho”, ou seja, acendiam um "facho" de grama seca para iluminar o bairro. Dando origem ao nome da comunidade. Esta história de resistência ainda inspira o grupo percussivo.


BEMBA TRIO - Os artistas Russopassapusso e Fael 1° têm produzido e participado da legitimação na Bahia da Cultura Sound System, de referência jamaicana, em Festas de Largo, Carnaval e na cena musical alternativa da capital. Além da parceria com o grupo Bate Facho, de Wilton Batata, os Bembas estão envolvidos em ações sociais e integram projetos musicais bem-sucedidos e de visibilidade internacional: Russopassapusso é o vocalista do coletivo Baiana System e  Fael 1°, além de grafiteiro,integra os vocais do Sistema de Som Ministério Público.

Os músicos reúnem ritmos e hits da música baiana e internacional como o samba reggae, samba chula, pagode, axé, funk e etc, com as batidas dançantes jamaicanas de reggae, ragga, dancehall , miami biss, além de um trabalho autoral com letras bem elaboradas a partir do canto falado e do cotidiano da nossa cidade.  Os artistas têm animado a noite soteropolitana por meio de festas promovidas no bairro do Rio Vermelho. Todos os sábados, de fevereiro e março, o público poderá conferir o som do grupo no Sunhine Bar (Antigo Idearium). No encontro do dia 02 de fevereiro, o Grupo Bate Facho e a dupla Fael 1º e Russo Passapusso pretendem misturar ao ritmo do samba reggae releituras das músicas que fizeram sucesso na Bahia ao som dos tambores, aliados às letras de conscientização social e política.

 

INFORMAÇÕES: 71 9222 6183 (Garanta sua camisa).

REALIZAÇÃO: PRONTO! COMUNICAÇÃO E CULTURA

Exibições: 606

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de anita de jesus costa em 2 fevereiro 2012 às 16:36

Isso faz parte do povo baiano, bantu, e todos, q tem fé,

axe..MAE  KAIALA.

Comentário de Maria Izabel Nascimento Muller em 1 fevereiro 2012 às 8:58

Oi mauro Batista Rodrigues!

Sei que uma andorinha so nao faz verao.Mas assuma sua postura sozinho e imoponha respeito ,procurando cada vez mais se aprofundar em busca de nossas raizes e lute em busca de sua identidade,em quqlquer lugar do mundo nao so em Recife que se o qunto o racismo ainda impera muito forte e procura resistir.Aqui recebemos o reflexo ,nao so de Recife mas de tod o Brasil,Aqui ainda e muiiiiiiiito forte mas NOS enfrentamos.

Comentário de Mauro Batista Rodrigues em 31 janeiro 2012 às 20:11

"Estou gostando de ver a NEGRADA esta crescendo com forca coragem e acreditando em NOS mesmos chegaremos LA" Falta um pouco disso aqui em Recife.


Comentário de Maria Izabel Nascimento Muller em 31 janeiro 2012 às 15:19

Estou gostando de ver a NEGRADA esta crescendo com forca coragem e acreditando em NOS mesmos chegaremos LA.

Comentário de GLÓRIA TAVARES em 31 janeiro 2012 às 14:13

Verdade! Me atrapalhei rsrsrs...

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 31 janeiro 2012 às 14:09

Olá, Jane, a camisa do arrastão é gratuita e será distribuída para parceiros (contato: 9222-6183).

Já a festa que Glória Tavares se refere, que custa R$30,00, é a "Yemanjá é Black". Confira:

http://correionago.ning.com/profiles/blogs/yemanja-e-black-moda-est...

Comentário de GLÓRIA TAVARES em 31 janeiro 2012 às 10:17

Tel 92226183 - R$ 30,00

Comentário de Jane Silva Lima em 31 janeiro 2012 às 9:49
eu gostaria que vocês me informasse a onde eu compro a camisa e o valor.
Comentário de GLÓRIA TAVARES em 31 janeiro 2012 às 9:25

Já peguei a minha camisa!!!!!

Comentário de Nivea da Cruz Santos em 31 janeiro 2012 às 9:17

Adoro esse tipo de manifestação, com certeza estarei lá!!!!!!!!!!!!!!

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço