SSA: Seminário Resistência Quilombola e Lançamento do Livro "Direitos Quilombolas"


A Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE e a Associação dos Remanescentes do Quilombo São Francisco do Paraguaçu-Boqueirão promovem, no dia 9 de março, às 8:30h. no auditório do Ministério Público da Bahia, o Seminário Resistência Quilombola: Desafios e Perspectivas e do Lançamento do Livro: Direitos Quilombolas: Estudo de Impacto da Cooperação Ecumênica. Nesta oportunidade, contaremos com a participação de organizações do movimento social, representantes do movimento quilombola e órgãos do poder público do estado da Bahia.

 

O evento tem como objetivo refletir sobre a atual situação dos quilombos no Brasil, assim como fortalecer o diálogo entre órgãos governamentais e movimento social, contribuindo para o avanço das políticas públicas nos territórios quilombolas.

 

O livro tem por objetivo avaliar o impacto do apoio das organizações da Aliança ACT no Brasil ao movimento e às comunidades quilombolas de 1996 a 2009. CESE, Koinonia e Fundação Luterana de Diaconia fizeram parte do estudo, que teve apoio da Christian Aid e EED. Foram analisados casos de comunidades quilombolas em São Francisco do Paraguaçu (BA), Baixo Sul (BA), Ilha de Marambaia (RJ), Maranhão e Rio Grande do Sul. Além dos cinco estudos de caso, o relatório traz também uma contextualização da questão quilombola hoje no Brasil e apresenta reflexões sobre os impactos, aprendizados, desafios e recomendações a partir do trabalho realizado.

 

O que? Seminário Resistência Quilombola: Desafios e Perspectivas  e Lançamento do Livro: “Direitos dos Quilombolas: Um estudo do impacto da cooperação ecumênica”.

 

Quando? Dia 9 de março das 8h30 às 12h – sexta feira.

 

Onde? Auditório do Ministério Público do Estado da Bahia - Av. Joana Angélica, 1312, Nazaré - Salvador – Bahia.

 

Contatos:

71.2104.5457 – CESE

Email: diego@cese.org,br

Exibições: 301

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de genira de araújo góes em 7 março 2012 às 22:24

Olá,

Tenho interesse no livro, estou trabalhando no horário do lançamento.Onde posso adquirir?

Abraços

Genira

Comentário de célia gomes em 7 março 2012 às 18:58

Visitei 3 comunidades quilombolas,Barra,Bananal e Mato grosso em Rio de Contas BA.As 2 primeiras formadas essencialmente por negros a terceira sómente "brancos" ostenta um crescimento bem superior as demais.Não

consegui entender o porque da diferença,se todas 3 foram formadas num mesmo momento e recebem a mesma assistência.Por que,quilombolas negros e quilombolas "brancos"? Por que uns já desenvolveram tanto e outros não, dentro de um mesmo território?

Comentário de Ariana da Silva Mattos em 7 março 2012 às 13:58
Gostaria de saber o que faço para comprar esse livro, pois sou pesquisadora da área afro-descendente
Comentário de silvana rodrigues dos anjos em 6 março 2012 às 22:13

oi como faço para compra esse livro..

Comentário de Gilberto Araujo da Cruz em 6 março 2012 às 20:49

INTERESSANTE, FAREI TODO O ESFORÇO PARA PODER ESTAR PARTICIPANDO.

Comentário de Gizelda Alves em 6 março 2012 às 19:50

Está chegando em boa hora!!!!! vide Quilombo Rios dos macacos.

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2021   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço