Talentos do Bando de Teatro Olodum marcam últimos dias do Festival A Cena Tá Preta

Final de semana tem leitura dramática de peça de Lázaro Ramos, stand up com Érico Brás, o infantil Áfricas e lançamento de livro da atriz Cássia Vale. Encerramento será com show de Luedji Luna.

 

O Bando de Teatro Olodum, uma das mais consolidadas companhias de teatro do Brasil, que há oito anos realiza o Festival A Cena Tá Preta, colocará seus múltiplos talentos no palco do Teatro Vila Velha neste final de semana. Serão os últimos dias do festival que reuniu expressões nacionais das performances negras da atualidade.

Sábado, dia 21, 16h, o elenco do Bando fará uma leitura dramática de Gusmão, o coelho que queria mais, texto inédito de Lázaro Ramos, com direção de Elísio Lopes Jr. A obra, cujo título homenageia o ator Mário Gusmão, desperta as crianças para os seus sonhos de liberdade, que devem ir além dos limites impostos pela sociedade. 

Ainda no sábado, 20h, o ator Érico Brás, outro talento revelado pela companhia, sobe ao palco com a atriz Kênia Maria no stand up ‘Double Black’, tratando com humor situações do cotidiano e trazendo questionamentos sobre as diferenças de gênero, raça e classe social.

Depois de uma trajetória no Bando de Teatro Olodum (Cabaré da Rrrrraça, Ó paí, ó, Áfricas e outros espetáculos), Érico vem se destacando em produções da Rede Globo de Televisão, com atuações em séries (Tapas e Beijos), telenovelas (A Lei do Amor) e reality (PopStar). Kênia Maria é atriz, escritora, produtora, idealizadora do canal do youtube Tá bom pra você?, e foi recentemente nomeada pela Organização das Nações Unidas (ONU), Defensora dos Direitos da Mulher Negra.

No domingo, dia 22, às 11h, tem mais uma apresentação do primeiro espetáculo infantil do Bando de Teatro Olodum, Áfricas, com direção de Chica Carelli, coreografias de Zebrinha e músicas compostas por Jarbas Bittencourt e executadas ao vivo por elenco e banda.

Logo após o espetáculo, 12h, a atriz Cássia Vale faz o lançamento do livro infantil Calu, a menina cheia de histórias, escrita em parceria com Luciana Palmeira e publicado pela Editora Malê. O livro aborda de forma lúdica as memórias da ilha da Boca do Rio, contadas pela menina Calu, que foi habilitada por seus avós - griots, a ser uma nova narradora e propagadora das histórias.

O encerramento do Festival A Cena Tá Preta 2017 será no domingo, 22/10, às 19h, com o show Cais e Sais, da cantora baiana radicada em São Paulo, Luedji Luna.

 

Confira abaixo toda programação da edição 2017 do Festival A Cena Tá Preta ou no site: www.teatrovilavelha.com.br

 

VIII FESTIVAL A CENA TÁ PRETA

De 13 a 22 de outubro de 2017

Teatro Vila Velha (Passeio Público, Campo Grande - Salvador / 71.3083-4619)

Realização do Bando de Teatro Olodum // Contemplado no edital da Caixa Cultural

Informações para Imprensa: 71.99205-5179 André Santana

CONFIRA PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

Dia 21/10 // sábado // 16h

Leitura dramática da peça Gusmão, o coelho que queria mais, de Lázaro Ramos, com elenco do Bando de Teatro Olodum e direção de Elísio Lopes Jr.

Gratuita

 

Dia 21/10 // sábado // 20h

Teatro Double Black - Stand Up com Érico Brás e Kenia Maria

R$ 20 e R$ 10 (meia)

 

Dia 22/10 // domingo // 11h

Teatro Áfricas, espetáculo infantil do Bando de Teatro Olodum

R$ 20 e R$ 10 (meia)

 

Dia 22/10 // domingo // 12h

Leitura Lançamento do livro Calu, a menina cheia de histórias, de Cássia Vale e Luciana Palmeira (Editora Malê)

Valor do Livro R$30,00

 

Dia 22/10 // domingo // 19h

Música Luedji Luna no show Cais e Sais

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Exibições: 98

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2018   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço