Troca de experiências para combater o Racismo no Brasil e Estados Unidos


Acontece nos próximos dias 20 e 21 de maio, na cidade de Atlanta, Geórgia, mais um encontro do Plano Brasil-EUA de Promoção da Igualdade Étnico-Racial - JAPER, na sigla em inglês. A iniciativa, realizada pelo Departamento de Estado Americano e Governo Brasileiro visa promover o intercâmbio de experiências no combate ao racismo entre os dois países, reconhecendo que as duas nações possuem características semelhantes, por serem democracias multirraciais e compartilharem do mesmo passado escravista.

Esse Plano (http://www.state.gov/p/wha/rt/japer) iniciou-se em março de 2008, quando da visita da então Secretária de Estado, Condolezza Rice, ao Brasil e pretende engajar os governos, sociedade civil e empresariado para investimentos de longo prazo na promoção da equidade racial. A administração Obama manteve o programa e apoiou a realização de dois encontros, um em Washington D.C e outro em Salvador, Bahia, todos em 2009.

O Brasil é a segunda maior população negra do mundo e a maior do hemisfério ocidental. No caso dos Estados Unidos, os afro-americanos representam 14% da população, porém sua influência cultural e política é notadamente reconhecida em todo mundo seja pela música, literatura ou movimentos como o dos Direitos Civis. Portanto, ao que parece, há muitas possibilidades de cooperação entre as duas nações. Para chegar a esse objetivo foi criado um grupo de trabalho (steering group) que está elaborando propostas nas áreas de educação, cultura e comunicação, sistema legal, mercado de trabalho e saúde. No futuro o grupo deve incorporar temas como esportes, moradia e acesso a crédito.

Algumas ações já foram realizadas no âmbito desse programa como o intercâmbio de jovens da Universidade Zumbi dos Palmares - primeira universidade negra do Brasil - e a Xavier Universit, um histórico centro de ensino superior negro em Nova Orleans, Lousiana. Além disso, trinta jovens negros empreendedores visitaram ONGs nos EUA (http://jovensnosnegocios.blogspot.com) e na área de segurança há um projeto para treinamento de policiais para uma abordagem anti-racista, em curso, no sul do Brasil. Um edital de apoio a projetos com estimativa de 300 mil reais estava programado para o início de 2010, mas até agora não foi divulgado.

Do ponto de vista histórico, o JAPER parece ser bastante relevante, afinal as barreiras linguísticas e a distância geográfica vêm separando a diáspora africana no Brasil e nos Estados Unidos. Entretanto, é preciso que os dois governos encarem, de fato, este Plano como um projeto de longo prazo e deem a sua devida importância política e não seja apenas mais um elemento de marketing governamental.

No exemplo brasileiro, a sensação é que muito ainda pode ser feito. A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial - SEPPIR ainda não deixou explícito quanto será investido na iniciativa e como se dará o diálogo com a sociedade civil - que de certo modo, ainda está a parte das decisões políticas do Plano. Espera-se que com a reunião de Atlanta, para a qual foram convidados movimentos sociais- com critérios definidos pelo Governo Brasileiro - temas como esses possam ser discutidos e que os movimentos sociais tenham uma voz mais ativa, afinal os governos são transitórios, mas a sociedade civil tem uma base mais sólida e constante.

Acompanhe mais sobre o Plano JAPER na página do Facebook:
http://migre.me/FJ4y

Paulo Rogerio é diretor do Instituto Midia Étnica e ponto focal da sociedade civil do Plano Brasil-EUA de combate ao Promoção da Igualdade Étnico-Racial.

Nota: Até o presente momento a Seppir não divulgou a programacão do evento bem como a lista as organizacões convidadas para o encontro.

Exibições: 40

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de anita de jesus costa em 21 maio 2010 às 17:33
BOA SORTE ...MARAAAA....AMEI O EVENTO..BJS...
Comentário de Arlinei Carvalho em 18 maio 2010 às 16:48
Alô galera, estou na área para contribuir sobre nossa identidade racial e cultural.
Acessem e se cadastrem na OSCIP Pés no Chão: http://oscippesnochao.ning.com/
Abraço e Saudações Ecológicas
Comentário de Rosimaria Rozendo em 18 maio 2010 às 16:45
Parabéns um excelente evento e de muito crescimento para a nos classe.
Comentário de Ailton Oadq em 18 maio 2010 às 9:03
é Paulo Rogério foi lançado o desafio será um momento importante onde creio que as pessoas que estarão nesta atividade tem o papel de propor , ações mas eficazes nos brasileiros pretos que não estamos nessa delegação contamos e confiamos nos esforços dos que vão e aguardamos ansiosos o retorno !
Comentário de Derico Da Purificação em 17 maio 2010 às 23:48
Acho isso tudo muito ineficaz, cotas, movimento, fórum, Descriminação de qualquer tipo no Brasil é crime, não discutirei sobre a severidade da pena mas como a maconha, a cocaína, entre outras drogas ilícitas, o porte ou uso em via pública ou privada é crime e severamente punível, é verdade que a fabricação, tráfego, venda e consumo vem aumentado nos última tempos mas usuários de drogas ilícitas em geral tendem a respeitar as leis em vigor no pais, por que no contrario verão a policias estopar a porta das suas casas por um simples baseado, e porque não aplicar a mesma politica de tolerância nos casos de racismo, eu falo de informantes, investigação testemunhas, denuncia, e tudo mais.
Ok! É claro que conheço o discurso do capitão Nascimento e tenho consciência dos efeitos maléficos das drogas "ilícitas e lícitas" também, mas sei também que na Holanda é tolerado o consumo e comparando proporcionalmente o número de pessoas nos centros de desintoxicação é de longe inferior aos números registrados pelo consumo de álcool do Brasil é na educação que eles investem mais em contra partida eles reprimem com mais severidade os casos de racismo.
Comentário de Keila Souza da Costa em 17 maio 2010 às 22:22
Sucesso e um excelente evento!
Comentário de Rute Conceiçao em 17 maio 2010 às 18:03
Achei ótimo.

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço