TVI CONSTRANGE MÃE DE SANTO

A Iyalorixá do Terreiro Ilè Ase Oya Funké, Mãe Vanda, de 68 anos, alega que foi constrangida ao ser barrada pelo dono da TV Itabuna (TVI), o jornalista Barbosa
Filho.

A sacerdotisa foi convidada para dar um entrevista à emissora, na última segunda-feira (22). Quando chegou na portaria do canal “fechado” de televisão, foi impedida de ter
acesso aos estúdios.

O Blog do Gusmão recebeu uma nota de repúdio, enviada pelas comunidades de terreiros da cidade de Itabuna.

Foi com alegria que a Iyalorixá do Terreiro Ilè Ase Oya Funké, Mãe Vanda, 68 anos, casada há 48, Bisavó, avó, Mãe de 06 filhos biológicos e mais de duas centenas
de filhos espirituais. Advogada, Membro dos Conselhos municipais de Assistência
Social, da Criança e do Adolescente, dos Direitos da Mulher. Sócia Fundadora da
ACAI Associação do Culto Afro Itabunense (1987) e atual presidente, onde executa
o Projeto Cultura Em Ação/Programa Pontos de cultura da Bahia. Recebeu o convite
para dar uma entrevista na TVI na cidade de Itabuna, acerca dos seus 30 anos de
sacerdócio (comemorado ontem 22/02) e das atividades do Ponto de Cultura para
2010. Ao comparecer a sede da emissora a sacerdotisa foi covardemente
constrangida ao ser comunicada que o diretor do Programa o Sr. Barbosa Filho não
permitiu a entrevista por ser o assunto ligado à religião do candomblé. A
repórter Keli Dourado, visivelmente envergonhada, pediu perdão a Iyalorixá, mas
deixou claro que a direção do Programa estava irredutível. A sacerdotisa
retornou para sua residência revoltada com a falta de respeito com que as
Comunidades de Terreiros são tratadas constantemente por fanáticos religiosos e
preconceituosos nos veículos de comunicação, principalmente no interior do
estado.

Em virtude do ocorrido a Comunidade Do Terreiro Ilè Ase Oya Funké, vem em busca do apoio das entidades, autoridades e lideranças a esta carta de repúdio, com a intenção
de acionar a justiça e a sociedade contra esse ato infame de preconceito e falta
de respeito à constituição e as leis deste país, contra o direito de expressão e
de liberdade de culto, na luta contra a discriminação contínua com que as
Comunidades Tradicionais de cultura Negra e Indígena são tratadas e pelo descaso
das autoridades competentes.

Itabuna, 23 de Fevereiro de 2010.


fonte:http://www.blogdogusmao.com.br/v1/2010/02/25/tvi-constrange-mae-de-...

Exibições: 181

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço